17/06/2022 às 09h02min - Atualizada em 17/06/2022 às 09h02min

Da ficção científica aos campos de batalha: Israel desenvolve arma a laser de alta letalidade

Dispositivo é capaz de interceptar foguetes, morteiros, mísseis antitanque e drones em pleno voo

History
Após pesquisas e experimentos que duraram pelo menos vinte anos, Israel anunciou que já possui um protótipo funcional de uma arma laser de alta potência. De acordo com as autoridades do país, o dispositivo é capaz de interceptar foguetes, morteiros, mísseis antitanque e drones, tudo em pleno voo.

Sistema de defesa aérea
O setor de Defesa israelense informou que o sistema foi testado com sucesso durante uma série de ensaios desenvolvidos em um deserto no sul de Israel. Durante o período de testes foram derrubados um foguete, um drone e um projétil de morteiro.

Naftali Bennett, primeiro-ministro israelense, considerou o novo sistema como uma “mudança estratégica”. Ele também prometeu “cercar Israel com um muro laser”, projeto no qual seu governo investiu centenas de milhares de dólares. O Iron Beam, nome do sistema de defesa aérea a laser de Israel, foi projetado como um complemento de outros sistemas de defesa aérea, como o Iron Dome, que atualmente intercepta mísseis de curto, médio e longo alcance com projéteis terra-ar.

Segundo os especialistas israelenses, uma das principais vantagens do Iron Beam é seu custo, apenas da energia necessária para efetuar cada disparo, cerca de 3,50 dólares, versus as dezenas de milhares de dólares que custa cada interceptação do Iron Dome. Assim, o novo sistema a laser é tão econômico que as estimativas indicam a recuperação de todo o investimento em apenas duas semanas de conflito.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »