01/05/2022 às 12h27min - Atualizada em 01/05/2022 às 12h27min

28 anos sem Ayrton Senna: 1° de maio marca homenagens ao piloto de F1

Este 1° de maio marca os 28 anos da morte de Ayrton Senna, tricampeão mundial de F1 e uma das maiores lendas do esporte mundial

Yahoo
Morte de Ayrton Senna completa 28 anos neste domingo (1°) - Foto: Pascal Rondeau/Getty Images.
Este domingo (1°) marca os 28 anos da morte de Ayrton Senna, tricampeão mundial de F1 e uma das maiores lendas dos esportes. Depois de tantos anos, a figura do corredor continua forte no imaginário do brasileiro. Portanto, o dia 1° de maio se tornou uma data para celebrar o legado do esportista que continua a inspirar milhares de fãs ao redor do globo.

No Rio de Janeiro, o monumento do Cristo Redentor receberá uma iluminação com as cores do capacete do piloto. Em São Paulo, antes do jogo entre Corinthians e Fortaleza pelo Brasileirão, o time paulistano prestará homenagens a Senna, que torcia pelo clube. Enquanto isso, 28 relíquias do piloto serão exibidas na página oficial do piloto, todas escolhidas pela própria família.

No formato de reels, a ação mostrará um item diferente de Senna por dia entre segunda-feira e sábado. Neste domingo (1°), dois itens serão apresentados. Às 10h da manhã entrará o primeiro vídeo.

Conheça alguns fatos marcantes sobre a carreira de Senna
Senna foi único piloto do Brasil a vencer o circuito de Mônaco, um dos mais tradicionais da fórmula 1; Ao todo, Senna venceu seis vezes no Principado, permanecendo até hoje o maior vencedor da prova;

Senna foi mundialmente reconhecido por ganhas corridas sob condições adversas de chuvas e pistas molhadas; Em 1979 e 1980, o piloto brasileiro se tornou vice-campeão de kart;

No seu último ano competindo pela McLaren, no Autódromo de Interlagos, em 1993, Senna performou o que é considerado a melhor primeira volta da história de uma GP de Fórmula 1;

O local onde Ayrton Senna venceu mais corridas foi no circuito de Silverstone, no interior da Inglaterra, com seis vitórias na Fórmula Ford, três na Fórmula 3 Inglesa e uma em 1988, no ano de seu primeiro título na F1;

Ao longo da carreira, Senna completou 8,2 mil voltas, representando aproximadamente 40 mil quilômetros, ou seja, o necessário para completar uma volta ao redor do planeta.
*Com informações do Portal UOL e do Jornal O Povo.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »