04/12/2020 às 15h14min - Atualizada em 04/12/2020 às 15h14min

Dani Calabresa descreve assédio de Marcius Melhem

A comediante foi a primeira a denunciar seu chefe, que estava há 14 anos na Globo

O humorista que instituiu o "politicamente correto" na atração da rede Globo acaba desmascarado pelas colegas.

Tudo começou há cerca de 3 anos, em uma festa com o elenco e roteiristas do programa Zorra, que era dirigido e escrito por Marcius Melhem: o chefe de Dani Calabresa a encurralou na saída do banheiro e "com uma das mãos, ele imobilizou os braços da atriz. Com a outra, puxou a cabeça dela para forçar um beijo. Assustada, Calabresa cerrou os lábios e virou o pescoço, mas Melhem conseguiu lamber o rosto dela. Em seguida, tirou o pênis para fora da calça. Enquanto a atriz tentava soltar os braços e escapar da situação, acabou encostando mão e quadris no pênis de Melhem."



Depois do assédio, Calabresa encontrou os amigos e teve uma crise de choro. Dias após o ocorrido, o diretor teria tentado culpabilizar a vítima pelo assédio, afirmando: "Eu não tenho culpa do que aconteceu! Quem mandou você estar muito gostosa?"

A atriz, por sua vez, demonstrou a indignação: "Não quero seu abraço nem suas desculpas, você já me agarrou, lambeu minha cara e encostou o pau em mim."

A denúncia da atriz à rede Globo só veio depois que ela deixou o Zorra e estava morando nos Estados Unidos. Ao menos outras cinco vítimas denunciaram a conduta do humorista, "três delas falaram do incômodo de contracenar com ele, que costumava encostar-se nelas roçando o pênis ereto",

Melhem foi desligado da emissora em agosto deste ano, após cinco meses afastado.

Quando o caso se tornou público, o ex-marido de Calabresa, Marcelo Adnet, foi criticado nas redes pela forma branda como se posicionou.

A humorista Dani Calabresa com o seu ex marido Marcelo Adnet.

Aparentemente, o Adnet é o retrato do esquerdomacho sem honra: ao saber que a ex-mulher foi assediada pelo amigo, agiu como um porco passando pano indiscriminadamente.

Esse é o mesmo humorista que fala em “limites do humor” por conta de suas posições feministas e progressistas.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »