15/04/2020 às 14h36min - Atualizada em 15/04/2020 às 14h36min

Incêndio florestal na zona de exclusão de Chernobyl aumenta níveis de radiação da área

RADIOATIVIDADE

HISTORY
Autoridades da Ucrânia detectaram um incêndio florestal na zona de exclusão em volta das ruínas da usina nuclear de Chernobyl. As chamas se espalharam por uma área de mais de 20 hectares. Segundo a agência de proteção civil do país, o fogo provocou um aumento de radiação na região.

A situação foi recebida com preocupação pelas autoridades. "As notícias são ruins, a radiação está acima do normal no centro do fogo", disse Yegor Firsov, que comanda o serviço de inspeção ecológica da Ucrânia. Cerca de 90 bombeiros, dois aviões carregados de água e um helicóptero foram enviados ao local para combater as chamas. Apesar de equipamentos mostrarem que os níveis de radiação estão 16 vezes acima do normal, o serviço de emergência afirmou que a população que vive próxima ao local não corre perigo. Segundo Firsov, em Kiev, capital ucraniana que fica a cerca de 100 quilômetros da zona de exclusão, não houve alterações no nível de radiação.

A polícia prendeu um homem de 27 anos que teria provocado o incêndio ao colocar fogo no mato e em lixo "por diversão". Segundo as autoridades, as chamas foram controladas após alguns dias. A zona de exclusão de 4200 quilômetros quadrados foi criada em volta de Chernobyl após o acidente que atingiu uma usina nuclear, em 1986. Cerca de 300 mil moradores foram permanentemente evacuados de suas casas. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »