03/07/2018 às 09h14min - Atualizada em 03/07/2018 às 09h14min

Governo paulista equipa Polícia Civil com 83 novas viaturas

Aquisição dos veículos foi possível graças ao investimento de mais de R$ 6,4 milhões do Fundo de Incentivo à Segurança Pública (Fisp)

Governo do Estado de São Paulo
Polícia Civil do Estado de São Paulo recebeu 83 novas viaturas. ( Foto: Divulgação)
O governador Márcio França entregou, na tarde desta segunda-feira (2), 83 novas viaturas para a Polícia Civil do Estado de São Paulo. A solenidade aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, e teve a presença do secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho.

“Hoje, depois do jogo do Brasil, tivemos a felicidade de fazer a entrega desses veículos, três ônibus e várias viaturas, algumas não estão aqui porque são descaracterizadas, a maioria pra serviço da Polícia Civil. Há tempos que havia essa demanda, pra eles poderem ajudar nos plantões, e fico contente de poder fazer isso num dia especial, essas viaturas irão servir a Polícia Civil do Estado de São Paulo”, disse Márcio França.

Com investimento de R$ 6.446.000, os veículos foram adquiridos com recurso do Fundo de Incentivo à Segurança Pública (Fisp). A frota inclui 80 viaturas Weekend, Argo, Cronos, fabricadas pela Fiat, e também o modelo 408, da Peugeot. Há, ainda, três ônibus da Mercedes Bens.

Durante o evento, foram entregues oficialmente 23 viaturas – 20 Fiat/Weekend e três ônibus Mercedes Bens/Carrocerias Caio – que são as caracterizadas. Os carros serão distribuídos a unidades de Polícia Judiciária da capital e os ônibus entregues à Academia de Polícia Civil (Acadepol).

O restante de 60 veículos são viaturas descaracterizadas e, por questões de inteligência, não foram dispostas no local, tampouco terão a distribuição divulgada.

Reforço da frota

Desde 2011, o governo do Estado investiu mais de R$ 241,1 milhões na aquisição de 3.641 viaturas somente para a Polícia Civil. No mesmo período, as unidades da capital receberam 697 veículos, com mais de R$ 48,8 milhões.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »