03/02/2021 às 08h22min - Atualizada em 03/02/2021 às 08h22min

Doria deve anunciar suspensão da fase vermelha nesta quarta, mas manifestação está mantida

Portal LR1
Foto: LR1
A expectativa de setores do comércio, de bares, restaurantes e similares de Araçatuba é grande no pronunciamento do governador João Doria (PSDB), na tarde desta quarta-feira (3), em que há a possibilidade de relaxamento das medidas restritivas impostas pelo Plano São Paulo aos finais de semana. Aos sábados e domingos todo o Estado regride para a fase vermelha, permitindo, assim, o funcionamento de serviços essenciais.

Em entrevista coletiva realizada no Palácio dos Bandeirantes, Doria afirmou ter havido retração no número de internações no Estado por duas semanas consecutivas e, caso os índices continuassem caindo, iria anunciar a suspensão das medidas mais restritivas. O afrouxamento passaria a valer ainda nesta semana.

A regressão das cidades para a fase vermelha passou a valer no último dia 25 de janeiro e tinha previsão de se estender até oito de fevereiro, com a proibição da abertura de atividades consideradas não essenciais, como restaurantes e o comércio em geral, em todos os horários nos sábados e domingos. Já entre os serviços essenciais autorizados a funcionar estão as farmácias, postos de combustíveis e supermercados.

Os índices positivos que podem levar à suspensão das restrições são em relação às hospitalizações e os óbitos por Covid-19. Nas internações, a média foi de 1.545 por dia na última semana, ante 1.685 na semana anterior, 1.747 na segunda semana de janeiro e 1.565 na primeira semana epidemiológica do mês. Já no caso das mortes, a média diária foi de 219 novos registros, semelhante à da semana anterior, que foi de 220. Na primeira e na segunda semana de janeiro, essa média foi de 227 e 220 mortes.

IMPACTO

O presidente da Associação Comercial de Araçatuba, Wilson Marinho, disse em entrevista à reportagem que muitos comerciantes estão preocupados com a atual situação, já que o sábado é o melhor dia de movimento de compras na cidade. “O comércio não é o vilão. Apesar do sábado ser o melhor dia de movimento nas compras, não há registro de lotação ou aglomeração. Além disso, as pessoas que frequentam as lojas têm que estar de máscaras, o estabelecimento oferece álcool em gel, diferentemente de situações em festas e praias lotadas”.

Marinho também enfatizou que o governador João Doria deveria ouvir mais os comerciantes. Ele reconheceu a grave situação da pandemia de coronavírus, mas também lembrou a respeito do desemprego e do fechamento de lojas. “Isso está sendo muito agressivo”, complementou.

Alguns setores indicaram que a decisão de relaxar as medidas mais restritivas vem em um momento em que o governador sofre pressão e protestos em várias cidades. Em Araçatuba está marcado um protesto no próximo sábado (6). Intitulado como “Araçatuba não pode morrer – grande carreata em apoio aos comerciantes de nossa cidade”, o movimento é o segundo em menos de 15 dias contras as decisões do governo estadual.

De acordo com Osnei Ferracioli, um dos organizadores da manifestação, mesmo se o governador suspender a fase vermelha aos finais de semana, a carreata está mantida.
 
*matéria cedida pelo Portal LR1

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »