24/12/2018 às 08h38min - Atualizada em 24/12/2018 às 08h38min

Sancionada a lei que concede uso do Recinto da Expô ao Siran

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Foi assinada na última semana, pelo prefeito Dilador Borges, a lei que autoriza a Concessão de Direito Real de Uso da área de terra do Recinto de Exposições Clibas de Almeida Prado ao Sindicato Rural da Alta Noroeste (Siran). O ato foi acompanhado por secretários municipais, vereadores e representantes do Siran.

A lei foi aprovada na Câmara Municipal de Araçatuba na segunda-feira (17). Para a aprovação, de acordo com a assessoria do sindicato, foi considerada a experiência do Siran e o interesse público na manutenção da Exposição Agropecuária de Araçatuba, evento tradicional e de projeção nacional que desempenha papel de importância econômica para a região.

A concessão será de 20 anos e a área concedida é de 23,30 alqueires (aproximadamente 564 mil m²), localizada na Avenida Doutor Alcides Fagundes Chagas, nº 600. Em contrapartida o Siran deverá realizar reformas, modernizações e ampliações do recinto, de modo a oferecer conforto e segurança aos frequentadores.

O presidente do Siran, Fábio Brancato, definiu a conquista como um marco histórico para Araçatuba. “Essa é uma luta de mais de 50 anos dentro da história do Siran. Apesar de ser uma área extensa, com boa localização, percebíamos que os investidores tinham certa resistência em investir, já que há pouco tempo a área pertencia ao Estado. Hoje, com a lei aprovada, é dada a segurança para o investidor. A vinda da ABQM e de outras parcerias que estamos viabilizando concretiza um marco muito importante para a cidade”.

ABQM

No dia 29 de novembro, foi oficializada a parceria entre Siran, Prefeitura de Araçatuba e Associação dos Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) para a realização de três eventos anuais em Araçatuba. Graças a essa união, serão construídas três pistas cobertas e multiuso. Os projetos já foram aprovados pelos parceiros e o próximo passo é a contratação de empresas para a construção.

“Essa conquista é fruto de um trabalho feito em várias mãos, demonstrando que, quando unidos, as instituições e o poder público podem fazer muito por Araçatuba. Toda essa área é, hoje, um patrimônio de Araçatuba e deve ser utilizada como tal. Os setores que já funcionam, como o Programa Lobato e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMMAS), continuam com suas atividades. Agora o Siran e suas parcerias trarão visibilidade ao agronegócio, ramo de atividade que está enraizado na história de Araçatuba. A própria ABQM será uma grande vitrine para a cidade, atraindo pessoas de todo o Brasil para esses grandiosos eventos”, finalizou o prefeito Dilador Borges.

História

Em 6 de abril deste ano, uma área de 875 mil metros quadrados da Fazenda do Estado passou a pertencer à Prefeitura de Araçatuba, após doação anunciada pelo então governador Geraldo Alckmin. A área doada inclui os espaços onde se encontram o Recinto de Exposições Clibas de Almeida Prado, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMMAS) e o antigo Sítio Escola.

A área teve destinação anunciada ao desenvolvimento de programas de interesse da municipalidade, que incluem ampliações da SMMAS, do Recinto de Exposições – para promover o interesse do agronegócio na região, e do Programa Lobato Sítio da Criança, a ser reestruturado e pelo qual o município atende crianças e adolescentes. Também é estudada a possibilidade de criação de parque ecológico de interesse popular.

Dilador Borges então dedicou a conquista aos membros do Sindicato Rural da Alta Noroeste (Siran). “Nas pessoas do presidente Fabio Brancato e do ex-presidente Marco Antonio Viol, faço questão de agradecer ao sindicato e toda sua equipe, que há 50 anos lutam por tornar essa área útil ao município e que agora assinamos essa conquista”.

À época, o prefeito ainda reverenciou o empenho do ex- secretario municipal Erik Carneiro e do assessor executivo Arnaldo Vieira Filho, ambos da SMDA (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agroindustrial) pelas contribuições à referida aquisição, bem como o apoio do deputado e presidente da Assembleia Legislativa (ALESP), Cauê Macris.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »