12/12/2018 às 15h41min - Atualizada em 12/12/2018 às 15h41min

Confira 5 razões para não comprar filhotes de cães como presente de Natal

Animais não são mercadorias. Amor não se compra

ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais
Foto: Pixabay
O Natal está chegando e muitas pessoas, principalmente crianças, pedem filhotes de animais como presente. A decisão de dar um cachorro a alguém é de grande responsabilidade e precisa ser bem pensada. Grande parte das pessoas perde o interesse no animal quando ele se torna um adulto ou até mesmo quando ainda é um adolescente (como fazem bagunça!) e eles sofrem as consequência dessa escolha.

Aqui temos 5 razões para você não comprar um cachorro como presente:


Foto: Pixabay
 
1.Membros da família devem ser adotados e não comprados

Existem muitos animais em abrigos e em ONGs à procura de um lar. A ideia de procurar filhotes criados em canis é difícil de justificar.

Infelizmente algumas pessoas compram seus animais, especialmente cães, porque estão procurando uma raça específica. Encontrar a combinação perfeita não é apenas encontrar uma raça, mas sim examinar as peculiaridades e particularidades de cada animal. Raças misturadas são uma excelente escolha, não importa o que você está procurando: você apenas tem que encontrar o que é certo para você.

2.Comprar animais faz com que jogá-los fora seja comum

A mercantilização dos animais é uma enorme causa de crueldade contra eles. Colocá-los em prateleiras e vendê-los como brinquedos plásticos baratos os torna parte de nossa cultura descartável.

O que significa descartável um animal? Significa que, em vez de criá-los e ensiná-los, como faríamos com nossos membros humanos da família, brincamos com eles até que eles quebrem ou se tornem chatos – e depois os jogue fora.

3.Comprar animais mantém fábricas de filhotes como negócio

Se não gosta dos maus-tratos, não se pode negligenciar a experiência dos filhotes em instalações horríveis de reprodução. É preciso parar de comprar.

Os filhotes de cachorro não são criados porque realmente amam os animais. Eles fazem isso porque são preguiçosos e gananciosos. Se não houver dinheiro, as fábricas de filhotes deixarão de existir.

4.Você não pode ser o “casamenteiro” de uma pessoa

Cães são tão individuais quanto pessoas. Algumas são preguiçosas; outras precisam correr. Alguns precisam de muita atenção; outras precisam do seu espaço.

Talvez você ache que conhece alguém bem o suficiente para escolher o cão certo para ele, mas mesmo que isso seja verdade, há aquele elemento indefinível que você simplesmente não pode saber.

5.Você não pode assumir esse tipo de compromisso por outra pessoa

Adotar um animal doméstico é um grande compromisso, tanto em termos de tempo quanto financeiro. Ninguém pode fazer essa escolha a não ser a pessoa que cuidará do animal. Até mesmo um amante de animais tem que estar no estado de espírito certo e no momento certo em sua vida para receber um filhote em sua casa.

Dar a alguém o animal errado – ou até mesmo o animal certo na hora errada – torna pouco provável que resulte em um lar para sempre, ao contrário de quando essa pessoa toma a decisão. Por mais fofo que pareça embrulhar um cachorro ou um gato para presente e surpreender alguém na manhã de Natal é preciso pensar na tristeza dele ser deixado em um abrigo em janeiro.

Existe um jeito certo para presentear alguém com um animal como presente?

Possivelmente. Se alguém já expressou uma intenção muito clara de adotar um animal em um futuro próximo, você pode levá-lo a um abrigo e pagar parte ou toda a taxa de adoção. Alguns abrigos também vendem certificados de adoção para uso como presentes.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »