21/11/2018 às 15h17min - Atualizada em 21/11/2018 às 15h17min

Novo edital prevê a contratação de 8,5 mil profissionais formados no Brasil

Medida vai garantir a assistência médica nos locais que atualmente contam com a presença de cubanos

Portal Brasil
Médicos vão atuar em 2.824 municípios do País, além de 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas - Foto: Agência Brasil
Com a publicação no Diário Oficial da União (DOU) de um novo edital, mais de 8,5 mil vagas serão ofertadas em um novo edital do programa Mais Médicos. As inscrições se iniciaram às 8h de hoje (21) e vão até 25 de novembro, por meio do site da iniciativa.

Todos os médicos com registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) ou com diploma revalidado no País podem participar do processo. Os selecionados vão atuar em 2.824 municípios do País, além de 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), a partir de 3 de dezembro.

Atendimento
Anunciada durante evento na Confederação Nacional dos Municípios, a edição do edital foi detalhada durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta segunda-feira (19), em Brasília. “Nós queremos produzir o menor impacto possível com a saída dos médicos cubanos. Essas medidas são uma grande resposta que damos à sociedade”, defendeu o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

A medida deve garantir a normalidade dos serviços de saúde em todo o País, após Cuba encerrar sua cooperação no programa. Atualmente, 8.332 profissionais cubanos atuam no Brasil. Outros 185 médicos estavam em período de recesso ou haviam encerrado a participação no projeto.

Além deste edital, uma outra chamada, destinada aos brasileiros formados no exterior e estrangeiros, está prevista para 27 de novembro.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »