05/10/2021 às 14h30min - Atualizada em 05/10/2021 às 14h30min

Sentenciadas participam de concurso pró-vida e jogo contra a violência doméstica

Assessoria de imprensa, Eliane Borges
Alkmin agradeceu a parceria à juíza (à esq.), promotor de justiça e juiz (à direita)
Sentenciadas da Penitenciária Feminina de Tupi Paulista participaram do 1º Concurso de Desenhos e Frases Mulher – 2021, cujos trabalhos ganhadores serão impressos em um calendário da justiça em 2022. O concurso faz parte da 5ª edição da Campanha do Setembro Amarelo da Alta Paulista, com tema central "Direito a uma vida livre de violência", realizado em parceria com o Poder Judiciário, Ministério Público e Universidade da Alma. 

Neste ano, a campanha na Alta Paulista optou em promover o movimento de combate à violência contra a mulher, finalizando com a confecção do "Calendário da Vida", composto por desenhos e frases de sentenciadas. O projeto foi idealizado pela Juíza de Direito da 3ª Vara Judicial da Comarca de Adamantina, Dra. Ruth Duarte Menegatti, e contou com o auxílio da Psicoeducadora Denise Alves Freire, da Universidade da Alma, e do Promotor de Justiça, Dr. Marlon Roberth de Sales. 

Seguindo as diretrizes das edições anteriores, "Prevenção do Suicídio é a Promoção da Vida", desta vez, a intenção foi alcançar o universo feminino considerando que as reeducandas, em sua maioria, já sofreram violência intrafamiliar. "Objetiva-se sensibilizar e conscientizar as participantes, levando-as a repensar sobre suas próprias emoções e sentimentos", destaca Menegatti. 

Mobi Game 

Através de vídeos sobre o ciclo da violência e suas formas de enfrentamento, as reeducandas tomaram conhecimento da existência do aplicativo Mobi Game - Enfrentamento à Violência Doméstica, um simulador que serve como ferramenta para identificar os diversos tipos de violência e formas de pedir socorro. A ideia é que essas mulheres se tornem multiplicadoras desses conhecimentos entre seus familiares. 

Em um país com altos índices de feminicídio, o jogo aborda a violência física, sexual, psicológica, moral e patrimonial. Ele narra a história de Penha, que está em uma relação violenta com o namorado Zé, e a amiga Luana, que quer ajudá-la. O jogador é quem decide o que Luana deve fazer, ensinando as pessoas, de forma didática, a ouvir e amparar as vítimas, e lançando desafios com perguntas diretas ao jogador, o qual escolhe como cada uma deve agir diante das situações apresentadas.  

Concurso 

Dentre 26 desenhos e 35 frases, serão premiados 12 trabalhos em cada categoria, avaliados em temática, mensagem, criatividade e originalidade. Em 05 de outubro, a Secretaria de Cultura e Turismo de Adamantina realizou a exposição e lançamento do Calendário da Vida, mas as certificações e premiações ocorrerão em 08/10 na unidade prisional. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »