01/10/2021 às 10h37min - Atualizada em 01/10/2021 às 10h37min

Apreensões em Unidades Prisionais da Região Oeste

PENITENCIÁRIA "ASP. LINDOLFO TERÇARIOL FILHO" DE MIRANDÓPOLIS II

Assessoria de imprensa, Eliane de Oliveira
No último sábado (25/09), a companheira de um sentenciado foi flagrada por agentes de segurança no momento que tentava adentrar à penitenciária com ilícitos. Após ser submetida ao procedimento de revista pelo aparelho Body Scanner, agentes visualizaram uma imagem suspeita na região do top da mulher. Ao ser indagada, ela admitiu estar com entorpecente K4 camuflado na vestimenta e, retirando-o, entregou à servidora. Ao abrirem o invólucro, encontraram aproximadamente 63 (sessenta e três) cartelas medindo 10cm x 2cm com, supostamente, droga K4 ou LSD. Diante dos fatos, as polícias militar e civil foram comunicadas e as providências devidas adotadas. 

PENITENCIÁRIA DE PARAGUAÇÚ PAULISTA 

Na última quinta-feira (23/09), durante a inspeção em encomendas enviadas à unidade prisional e destinadas aos presos, agentes de segurança da Penitenciária de Paraguaçú Paulista sentiram um odor estranho em um pacote de salgadinhos, remetido pela irmã de um sentenciado. Ao abrirem o pacote, visualizaram vários salgados grudados entre si, colados por substância semelhante à maconha. Indagado, o preso que receberia o alimento negou que se tratava de droga, mas responderá a Procedimento Administrativo Disciplinar, bem como, foi isolado preventivamente no Pavilhão Disciplinar. A irmã dele foi suspensa do rol de visitas. A droga foi recebida na Polícia Civil do município onde, pesada, constatou-se 32,710 gramas. 

PENITENCIÁRIA DE IRAPURU 

Na última quinta-feira (23/09), no momento em que era entregue encomenda enviada pela companheira de um sentenciado, Agentes da Penitenciária de Irapuru encontraram certa quantidade de substância parecida com entorpecente maconha camuflado no interior de um pacote de bolachas tipo rosquinha. Não foi possível separar a substância ilícita dos alimentos, o que dificultou especificar a quantidade de entorpecente encontrado. Os materiais ilícitos foram apreendidos e encaminhados à autoridade policial para providências de sua alçada. O sentenciado foi incluído preventivamente no Pavilhão Disciplinar para averiguação dos fatos e a visitante suspensa do rol de visitas. 

PENITENCIÁRIA "SILVIO YOSHIHIKO HINOHARA" DE PRESIDENTE BERNARDES 

No dia 21/09, durante procedimento de revista em correspondências enviadas à unidade prisional, agentes de segurança da Penitenciária "Silvio Yoshihiko Hinohara" de Presidente Bernardes detectaram ilícitos pelo aparelho de Raios X. Em uma das caixas havia porção de droga sintética, aparentemente K4, camuflada em meio a uma porção de bolachas do tipo rosquinha. Na segunda encomenda havia a mesma droga, mas escondida em uma porção de cigarros. Ao serem questionados, os sentenciados que receberiam os ilícitos disseram que não sabiam do fato. Foram instaurados Procedimentos Disciplinares para apurar a cumplicidade dos sentenciados, suspendendo os remetentes dos embrulhos do rol de visitas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »