13/09/2018 às 08h14min - Atualizada em 13/09/2018 às 08h14min

Meio Ambiente: comissão faz balanço sobre seminário

Assessoria de Imprensa da Câmara
Beatriz, ao lado dos vereadores Márcio e Lucas, é presidente da comissão. ( Foto: Divulgação)
A Comissão Permanente do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara Municipal de Araçatuba definiu como positivo o balanço dos trabalhos expostos na programação do 3º Seminário Ambiental realizado no último dia 31 de agosto.

A conclusão dos três vereadores que integram a comissão – Beatriz (Rede), Lucas Zanatta (PV) e Márcio Saito (PSDB) – foi divulgada durante a fase do Grande Expediente da 27ª sessão ordinária do ano realizada na última segunda-feira (10).

Após a exibição de uma reportagem especial desenvolvida pela equipe da Assessoria de Comunicação e Imprensa da Câmara, os parlamentares elogiaram a qualidade do conteúdo das oficinas e das palestras temáticas dirigidas a alunos, professores e coordenadores dos cursos de Direito do Unisalesiano e da Unip.

“Foi gratificante constatar o interesse das pessoas pela questão da sustentabilidade do meio ambiente. Em alguns pontos, o conteúdo foi novidade para mim e reforçou a necessidade de pensarmos e agirmos localmente para conseguir nossos objetivos relacionados ao tema”, afirmou o vereador Lucas Zanatta.

“Foram excelentes os eventos desenvolvidos para o seminário em parceria com as instituições locais de ensino superior, órgãos municipais ligados ao meio ambiente e ao desenvolvimento econômico. Há um material rico que poderá nortear as discussões do Conselho Municipal do Meio Ambiente nas próximas reuniões”, definiu o vereador Márcio Saito.

A presidente da comissão, vereadora Beatriz (Rede), agradeceu aos colegas que integram o grupo e aos parceiros das universidades pelo empenho na realização do seminário.

“A comissão está trabalhando arduamente. Sabemos que mobilizar a população é muito difícil, principalmente nos tempos de capitalismo, mas deixamos assim nosso legado para pensarmos a cidade para as próximas duas, três décadas quando as novas gerações que vierem darem sequência ao nosso trabalho a fim de garantir um mundo ecologicamente correto.”, concluiu a vereadora Beatriz.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »