10/09/2018 às 11h23min - Atualizada em 10/09/2018 às 11h23min

Ministério aumenta em 200% verba da Saúde da Família em Rio Preto

Recurso foi alcançado após avaliação de técnicos do Governo Federal

Assessoria de Imprensa
A Secretaria de Saúde de Rio Preto recebeu na última quinta-feira, 6, a notícia de que, a partir deste mês, a verba destinada pelo Ministério da Saúde para a Estratégia de Saúde da Família, da Atenção Básica do município, aumentará em 200%. Vai passar dos atuais R$ 107,8 mil para R$317.825,90. A conquista foi comemorada pela equipe da pasta.

“Esse aumento mostra a melhoria da qualidade da assistência prestada nas unidades básicas de saúde do município, em diferentes setores, desde a recepção até o consultório. O resultado só foi possível pela excelência dos profissionais da rede pública de saúde, bem como pelo envolvimento do trabalho em equipe”, disse o secretário de saúde, Aldenis Borim.

A avaliação faz parte do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), que é o principal indicador de qualidade da Atenção Básica dos municípios no país. A avaliação é realizada a cada dois anos, com uma nota ao final. O financiamento obtido é proporcional aos indicadores de qualidade da assistência prestada.

A avaliação foi realizada na última quinzena de junho, quando o município recebeu 21 técnicos do Ministério da Saúde, que avaliaram 38 equipes de saúde da família, 19 equipes de saúde bucal, bem como as unidades de saúde e suas instalações, como consultórios médicos e odontológicos, farmácias e equipamentos. Os usuários também foram entrevistados pelos avaliadores quanto ao atendimento prestado.

As melhorias que determinaram o novo valor de repasse abrangem aumento do número de médicos, enfermeiros, técnicos, administrativos, farmacêuticos, dentistas e equipes multidisciplinares. E também, reforma, manutenção e aquisição de equipamentos médico-hospitalares, necessários para o funcionamento pleno das unidades.

Outro importante indicador desta avaliação, que foi elogiado pelos técnicos, é o trabalho de toda a equipe de profissionais envolvidos na Atenção Básica, além dos gestores, gerentes e coordenadores.

“Gostaria de parabenizar as equipes de Saúde da Família pelo alcance do principal indicador da Atenção Básica no Brasil, que é o PMAQ. Com o recurso, poderemos melhorar ainda mais a assistência direta à população nas unidades, por meio de investimentos em infraestrutura, equipamentos médico-hospitalares e capacitação profissional”, disse a gerente de Saúde da Família, Paula Sodré.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »