08/08/2018 às 11h56min - Atualizada em 08/08/2018 às 11h56min

‘São como um filho’, diz atriz Thaila Ayala sobre animais adotados por ela

Atriz foi eleita madrinha de uma campanha em prol do controle populacional de cães e gatos do Dadivar, de Enzo Celulari, com a AMPARA Animal, de Juliana Camargo.

ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais
Enzo Celulari e Thaila Ayala (Foto: Mario Brejeira/Divulgação)
Thaila Ayala tem uma relação muito forte com os cães e gatos. Por conta de seu histórico de engajamento com as causas animais, a atriz foi escolhida pelo grupo Dadivar, de Enzo Celulari, e a ONG AMPARA Animal, de Juliana Camargo, como madrinha de uma campanha em prol do controle populacional de animais domésticos.

“Me senti muito feliz. É um prazer e uma honra pra mim estar perto de pessoas sérias e que se disponibilizam a ajudar a causa animal, que é uma causa que eu estou envolvida há muitos anos de diversas formas. Então é mais um convite que me enche de orgulho de usar a minha influência para ajudar. Pretendo continuar sempre protegendo e cuidando dos bichinhos da melhor forma possível”, disse ela.

Sua história com os animais começou ainda quando era criança, na adoção de Chuck. Com o cachorro, que foi levado para a sua casa por seu pai, ela conheceu a paixão pelos animais.

“O Chuck, que foi um vira-lata adotado que o meu pai trouxe pra casa, foi especial. O Chuck ficou muitos anos com a gente e fez parte de momentos muito difíceis da minha vida, como a separação dos meus pais. Foi o último cachorro que meu pai levou pra casa – ele pegava vários cachorros na rua e minha mãe enlouquecia, então foi ele que me deu essa consciência de adoção, me ensinou a cuidar dos bichinhos, ele virava a madrugada dando soro. Acho que o meu pai cuidava mais dos bichos do que da gente (risos). O Zacarias também foi muito especial, amoroso, companheiro. Eu olhava pra ele e me reconhecia. Parecia que tinha saído da minha barriga (risos).”

Sempre que se envolve com alguma ONG ou campanha, Thaila “luta” contra a vontade de adotar mais um animal. A atriz já adotou 18 cachorros e dois gatos.

“Uma vez eu fui na prefeitura do Rio resolver um problema e lá havia muitos gatos abandonados. Eu entrei, resolvi tudo o que tinha que resolver, e na saída não resisti. Levei um gato pra casa. Tinham vários gatos lindos e eu peguei o mais feio, o que teria mais dificuldade para ser adotado porque ele mais parecia um morcego do que um gato. Chamei ele de Batman. Ele durou só alguns meses, porque veio com uma doença que não tem cura. Mas foram meses inesquecíveis. Antes dele chegar eu já tinha uma gata selvagem, mas o Batman era totalmente diferente. Ele era amoroso, carinhoso, grudado comigo”, relembra.


Thaila Ayala e Zacarias (Foto: Reprodução)

Recentemente, Thaila está lidando com o luto de ter perdido seu cachorro caçula, o Zacarias, que ganhou de presente de seu ex-marido Paulo Vilhena. “Meu último cachorro, o Zacarias, morreu há 3 semanas, e foi um presente do Paulo. Eles são como um filho. Totalmente um membro da família. Eu ainda não consigo pensar em pegar outro animal nesse momento porque é muito doloroso perder e eu ainda estou me recuperando dessa última perda”, explicou.

CAMPANHA
A campanha teve início nesta segunda-feira (6) e terá duração de dois meses. No final de outubro, será selecionado um doador vencedor que ganhará, como recompensa, uma visita à instituição na companhia da atriz para conferir de perto o impacto social gerado. Para participar, o doador deve entrar no endereço www.dadivar.com.br/thaila e doar a partir de R$10. Quem doar a partir de R$100, ganha uma ecobag oficial da campanha.


Juliana Camargo, Thaila Ayala e Enzo Celulari (Foto: Mario Bregieira/Divulgação)

O valor arrecadado será destinado à Ampara para a realização de castração de cães e gatos na cidade de São Paulo. A meta da Dadivar é arrecadar R$300 mil para custear a castração de 700 animais por mês, durante os primeiros seis meses de funcionamento do novo Centro de Controle Populacional de Animais (CCPA) da Ampara, que está em obras e será inaugurado no dia 10 de agosto, na Zona Oeste de São Paulo.

O espaço contará com centro cirúrgico, salas de triagem e esterilização, pós-operatório, atendimento clínico, além de profissionais qualificados e equipamentos de ponta. O hospital atenderá abrigos cadastrados na Ampara e abrirá uma margem para novos cadastros, sempre dependendo da disponibilidade, mediante agendamento.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »