03/08/2022 às 15h47min - Atualizada em 03/08/2022 às 15h47min

MIA volta presencialmente com Guitarrada das Manas, Lan Lanh e outros grandes artistas

8ª edição do Festival de Música Instrumental acontece de 25 a 28 de agosto em Araçatuba – SP e é gratuito

PMA
Foto: Divulgação
Após dois anos no formato virtual, o MIA – Festival de Música Instrumental volta a encontrar o público em sua 8° edição. De 25 a 28 de agosto, de quinta a domingo, em Araçatuba (SP), será possível vivenciar, gratuitamente, encontros e apresentações de grandes nomes desse segmento como Lan Lanh, Lilian Carmona, Mestrinho, Michael Pipoquinha, Mozart Mello, Evehive, Malka, Guitarrada das Manas, entre outros.

O MIAbusca promovera troca entre diferentes ideias, geografias, gerações e estilos musicais por meio de conversas, shows e intervenções artísticas nas praças e espaços culturais de Araçatuba. Os convidados do festival contam com um reportório musical que percorre jazz, erudito, popular, eletrônico, experimental e improvisação livre.

“O 8º MIA é especial por vários motivos. Na esperada volta ao presencial, temos uma expressiva participação de artistas e fomentadores da música instrumental de Araçatuba e região, marcando o protagonismo da cena local. Além disso, apresentamos a programação mais diversa de nossa trajetória, tanto em sons, quanto em corpos. É uma edição que traduz o objetivo do Festival de traçar um panorama sensível e atento da música instrumental que acontece agora”, comenta Fernando Fado, coordenador de programação dos Ciclos e Festivais do programa Oficinas Culturais.

O Festival de Música Instrumental acontece desde 2015 no interior paulista e já contou com a participação de talentos como: Tom Zé, João Donato, Toninho Horta, Yamandu Costa, Mariá Portugal, Black Mantra, Arrigo Barnabé, Badi Assad, Hamilton de Holanda, entre outros.

O 8° MIA faz parte de Oficinas Culturais, programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e que é gerenciado pela Poiesis. Além da correalização com a Prefeitura Municipal de Araçatuba, em 2022, o evento conta com a parceria do Projeto Guri por meio da Santa Marcelina Cultura. Confira a programação completa:

25 de agosto – QUINTA-FEIRA

A largada do festival será dada às 11h30 no Calçadão, localizado na altura da rua Marechal Deodoro, n° 64 — Centro, pela banda GRUV3, composta pelos bateristas e percussionistas Felipe Almeida, Lucas Konno e Vitor Alves. Junto com um guitarrista, eles produzirão um som que trabalha a fusão de ritmos brasileiros.

Às 20h, Sérgio Rosa, músico araçatubense, abrirá o festival por meio de um solo de gaita no Teatro Municipal Castro Alves, localizado na rua Duque de Caxias, n° 29 — Centro. Para participar dos eventos que serão neste local, será preciso retirar os ingressos gratuitos na bilheteria a partir das 19h, entre 25 e 27/08, e a partir das 15h em 28/08.

No mesmo local, às 20h10, acontecerá a primeira Conversa Tocada, evento no qual, ao longo do MIA, a radialista Patrícia Palumbo fala com artistas sobre as suas trajetórias e produções musicais. A primeira convidada para a Conversa será a percussionista, produtora musical e compositora Lan Lanh, que atualmente mantém o instrumental Lan Lanh Quinteto e faz parte da banda da Maria Bethânia

Às 21h20, também no Teatro Municipal Castro Alves, será a vez de Zé Renato Gimenes, músico e professor de Araçatuba, apresentar seu projeto “Artesanato Sonoro” que tem o propósito de estimular o fazer musical em grupo, com músicos e não músicos. Às 21h30, o Arena Jazz Septetoocupa o palco para apresentar arranjos inéditos em formato de um jazz combo tradicional, composto por quatro sopros (saxofones, trompete e trombone) e base harmônica (piano, baixo e bateria).

26 de agosto – SEXTA-FEIRA

O segundo dia do festival começa às 11h30, no Calçadão, com o show do grupo Felipe Deleon Quarteto, composto pelosaxofonista Felipe Deleon, o guitarrista Fabiano Golin, o baixista Henrique Pereira e o baterista Cristiano Silva.

Às 20h, no Teatro Municipal Castro Alves, a Conversa Tocada será com Lilian Carmona – considerada aprimeira mulher baterista profissional do Brasil. No mesmo local, às 20h20, o violinista e educador musical Lucas Vitorino apresentará melodias de clássicos da música instrumental. Às 21h30, será possível acompanhar o show cheio de expressões e improvisações do Duo Drums, composto pelos bateristas Daniel Freitas e Cristiano Silva.

Mais tarde, para os maiores de 18 anos, a música eletrônica vai dominar a cena na Oficina de Macacos, localizada narua Jardim Sumaré, n°1102 – Jardim Sumaré. Às 22h e às 2h30, a Rupin, de Araçatuba, apresentará batidas contagiantes que mesclam diversos caminhos da música eletrônica. Às 23h30, rolará um Live Set da Malka, acompanhada da baterista e tecladista Venus Garland. Por fim, à 1h, a produtore musical Evehive apresentará seu trabalho autoral inspirado em sons da África do Sul, sem deixar de lado o funk nacional.

27 de agosto – SÁBADO

O agito começa às 11h30com o Quarteto Rapsódia, composto por Eder Giaretta, Anselmo Pereira, Fernando Barbosa e Osvaldo Martins, no Calçadão. O grupo mescla padrões da escrita erudita, explora a liberdade característica do jazz e da improvisação.

Às 16h30, na Praça Natal Drigo – Jardins de ipês & Mel, localizada na avenida da Saudade, n° 1624 – Alto da Saudade, ogrupo Fernando Barbosa Quarteto, composto por Fernando Barbosa, Daniel Fuhrmann, Everton Nascimento e Cristiano Silva,estreia o show de seu álbum “Identidade brasileira” (2021).

No Teatro Municipal Castro Alves, a programação começará às 20h com a Conversa Tocada com o sanfoneiro, cantor, compositor e instrumentista sergipano, Mestrinho, que contará ao público sobre a sua trajetória repleta de ritmos, entre eles, o forró, xaxado, choro e jazz. No mesmo local, às 21h20, Nino Xambá, percussionista, arte-educador quilombola da Nação Xambá, integrante do Grupo Ori e do Grupo Bongar, apresentará um solo de ritmos afro-brasileiros, por meio de sons corporais e pandeiro. Às 21h30, será o show dos Gigantes da Boemia, composto por Davi Makuin, Felipe Deleon, Alex Dossi e Tim Santana, que apresentarão algumas das principais peças que consolidaram o chorinho como gênero musical.

Sábado também será dia de Conexão MIA, evento quepromove encontros inéditos entre instrumentistas de diferentes estilos e gerações para improvisos, mistura de sons, trocas e diálogos. Esta parte do festival reúne músicos de diferentes regiões: Araçatuba, Birigui, Penápolis, cidades do interior de São Paulo, e Recife (PE). O Conexão MIA ocupará o Quintal Cultural, localizado na ruaCussy de Almeida Júnior, n° 2088, bairro São João, onde, às 21h, Fabiano Golin, Júnior Skalla, Henrique Pereira, Luan Prata e Monique Ferraz farão uma colaboração inédita; às 23h, será a vez de Ariane Bego, Felipe Deleon, Nino Xambá e Renan Augusto Dias.

O Don Ramón Pub, localizado na ruaCussy de Almeida Júnior, n° 2077,também será palco da Conexãoe reunirá, às 22h, Estevão Freitas, Juliana Romão, Matheus Garcia e Viviane Nukamoto e, às 00h, Beatriz Marques, Elias TetsuoUmakakeba, Fernando Kid e Juninho Moreira.

28 de agosto – DOMINGO

O último dia do festival começará na Praça Olímpia, no bairro Bandeiras, às 11h30, com o show do Bachsiliando, quarteto formado por Alexandre Soares, Rodrigo Souza, Saulo Bertolino e Vitor Stella. Grupo que, a partir do repertório inspirado em nomes como Pixinguinha, busca enaltecer a cultura brasileira.

No Teatro Municipal Castro Alves, a Conversa Tocada começa mais cedo e será duplamente especial: às 16h, receberá Michael Pipoquinha, baixista desde os 13 anos de idade, conhecido nacional e internacionalmente, que vai compartilhar com o público um pouco da trajetória, referências e do conhecimento melódico e harmônico; e, às 18h, será a vez de Mozart de Mello, atuantehá quase 50 anos na área da educação musical, compartilhar um pouco da sua sabedoria e técnicas com o público.

Às 19h20, no mesmo local, a saxofonista araçatubense Angieli Queiroz fará uma intervenção artística a partir de notas que fazem parte da caminhada artística que vem construindo. Às 19h30, o palco será da Guitarrada das Manas, grupo composto pelas multi-instrumentistas Beá e Renata Beckmann, de Belém (PA). A dupla é símbolo do protagonismo feminino em um cenário amazônico, executando o gênero comumente tocado, até então, apenas por homens.

O 8º MIA ainda contará com a oficina Música do Círculo: jogos e improvisação realizada pelo Projeto Guri entre 22 e 26 de agosto. As vagas são limitadas para o público em geral e com inscrição aberta até 18 de agosto neste link, onde há mais detalhes sobre a atividade e os músicos mediadores.

Para mais informações sobre o MIA, acesse o site. A seguir, fique por dentro de toda a programação do 8º MIA – Festival de Música Instrumental.

SERVIÇO:

MIA – Festival de Música Instrumental

Araçatuba (SP)

Data: 25 a 28 de agosto de 2022

Gratuito

Locais:

Teatro Municipal Castro Alves: Rua Duque de Caxias, 29, Centro.

Praça Natal Drigo – Jardins de Ipês & Mel: Avenida da Saudade, altura do n° 1624, Alto da Saudade.

Calçadão: altura da Rua Marechal Deodoro, 64, Centro.

Praça Olímpica: Praça Olímpica, s/n, Bairro Bandeiras.

Oficina de Macacos Espaço Cultural: Rua Jardim Sumaré, 1102, Jardim Sumaré.

O Quintal Cultural: Rua Cussy de Almeida Júnior, 2088, São João.

Don Ramón Pub: Rua Cussy de Almeida Júnior, 2077, São João.


25/08 – QUINTA-FEIRA

CALÇADÃO

11h30 | Show |Classificação indicativa: Livre

GRUV3

TEATRO MUNICIPAL CASTRO ALVES

Distribuição gratuita de ingressos a partir das 19h, na bilheteria do local

Classificação indicativa: Livre

20h | Intervenção

SERGIO ROSA

20h | Conversa Tocada

LAN LANH

Mediação: Patrícia Palumbo

21h20 | Intervenção

ZÉ RENATO GIMENES

21h30 | Show

ARENA JAZZ SEPTETO

26/08 – SEXTA-FEIRA

CALÇADÃO

11h30 | Show |Classificação indicativa: Livre

FELIPE DELEON QUARTETO

TEATRO MUNICIPAL CASTRO ALVES

Distribuição gratuita de ingressos a partir das 19h, na bilheteria do local

Classificação indicativa: Livre

20h | Conversa Tocada

LILIAN CARMONA

Mediação: Patrícia Palumbo

21h20 | Intervenção

LUCAS VITORINO

21h30
| Show

DUO DRUMS

OFICINA DE MACACOS ESPAÇO CULTURAL

Distribuição gratuita de ingressos a partir das 20h, na bilheteria do local Classificação indicativa: 18 anos

22h | DJ Set

RUPIN

23h30 | Live Set

MALKA

1h | DJ Set

EVEHIVE

2h30 | DJ Set

RUPIN

27/08 – SÁBADO


CALÇADÃO

11h30 | Show | Classificação indicativa: Livre

QUARTETO RAPSÓDIA

PRAÇA NATAL DRIGO – JARDINS DE IPÊS & MEL

16h30 | Show |Classificação indicativa:Livre

FERNANDO BARBOSA QUARTETO

TEATRO MUNICIPAL CASTRO ALVES

Distribuição gratuita de ingressos a partir das 19h, na bilheteria do local

Classificação indicativa: Livre

20h | Conversa Tocada

MESTRINHO

Mediação: Patrícia Palumbo

21h20 | Intervenção

NINO XAMBÁ

21h30 | Show

GIGANTES DA BOEMIA

O QUINTAL CULTURAL

Jam | Classificação indicativa: Livre

CONEXÃO MIA

21h | Fabiano Golin (guitarra), Júnior Skalla (guitarra), Henrique Pereira (baixo), Luan Prata (teclado) e Monique Ferraz (bateria)

23h | Ariane Bego (piano), Felipe Deleon (saxofone), Nino Xambá (percussão) e Renan Augusto Dias (bateria)

DON RAMÓN PUB

Jam

CONEXÃO MIA


22h | Estevão Freitas (bateria), Juliana Romão (piano), Matheus Garcia (baixo) e Viviane Nukamoto (guitarra)

00h | Beatriz Marques (bateria), Elias TetsuoUmakakeba (piano), Fernando Kid (baixo) e Juninho Moreira (guitarra)

28/08 – DOMINGO

PRAÇA OLÍMPICA

(s/n, Bairro Bandeiras)

11h30 | Show

Classificação Indicativa: Livre

BACHSILIANDO

TEATRO MUNICIPAL CASTRO ALVES

Distribuição gratuita de ingressos a partir das 15h, na bilheteria do local | Classificação indicativa: Livre

16h | Conversa Tocada

MICHAEL PIPOQUINHA

Mediação:
Patrícia Palumbo

18h | Conversa Tocada

MOZART MELLO

Mediação:
Patrícia Palumbo

19h20 | Intervenção

ANGIELI QUEIROZ

19h30 | Show

GUITARRADA DAS MANAS

PROJETO GURI

OFICINA – MÚSICA DO CÍRCULO: JOGOS E IMPROVISAÇÃO

Ronaldo Crispim e Lucas Itacarambi

Local: MULTI SHOP |Classificação etária: Livre

Turma 1 | 22/8 – segunda-feira – 9h às 11h

Turma 2 | 22/8 – segunda-feira – 14h às 16h

Turma 3 | 23/8 – terça-feira – 9h às 11h

Turma 4 | 23/8 – terça-feira – 14h às 16h

Turma 5 | 24/8 – quarta-feira – 9h às 11h

Turma 6 | 24/8 – quarta-feira – 14h às 16h

Turma 7 | 25/8 – quinta-feira – 9h às 11h

Turma 8 | 25/8 – quinta-feira – 14h às 16h

Turma 9 | 26/8 – sexta-feira – 9h às 11h

Turma 10 | 26/8 – sexta-feira – 14h às 16h


Atividade para alunos e educadores do Projeto Guri – Polo Regional Araçatuba. Para interessados externos serão disponibilizadas 5 vagas por turma, com inscrições até 18/08 por aqui.

SOBRE O PROGRAMA OFICINAS CULTURAIS

Como uma iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerenciado pela POIESIS – Organização Social de Cultura, o Programa Oficinas Culturais promove formação e vivência à população no campo da cultura desde 1986.

Oficinas Culturais dialoga com o interior por meio de dois festivais (FLI — Festival Literário e MIA — Festival de Música Instrumental), Jornadas de Gestão Cultural, Ciclos de Estudos sobre Cultura Tradicional e Contemporaneidade, Programa de Qualificação em Artes que dá orientação artística a grupos, companhias ou coletivos de dança e teatro no interior, litoral e região metropolitana de São Paulo, e o Programa de Formação no Interior que oferece atividades formativas.

Além disso, na cidade de São Paulo, o programa realiza atividades de formação e difusão em três espaços: Oficina Cultural Oswald de Andrade (Bom Retiro), Oficina Cultural Alfredo Volpi (Itaquera) e Oficina Cultural Maestro Juan Serrano (Taipas).

SOBRE A POIESIS

A Poiesis -Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.







Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »