11/04/2018 às 08h53min - Atualizada em 11/04/2018 às 08h53min

Câmara aprova quatro requerimentos de informação na 10ª sessão

Assessoria de Imprensa da Câmara
Comissão cobra construção de mais ecopontos na cidade. ( Foto: Divulgação)

Os vereadores de Araçatuba aprovaram  durante a fase do Grande Expediente da 10ª sessão ordinária do ano, quatro requerimentos de informação oficial endereçados ao prefeito Dilador Borges (PSDB). Conforme prevê o Regimento Interno da Casa, o chefe do Executivo terá até 15 dias para responder aos questionamentos.

A construção de novos ecopontos no município, como resultado de uma permuta celebrada entre a Prefeitura e o empresário Silton Diniz, proprietário de um supermercado, foi o tema escolhido pela Comissão Permanente de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável para reforçar o pedido de esclarecimentos ao chefe do Poder Executivo municipal.

Isso porque, no documento, os vereadores Lucas Zanatta (PV), Márcio Saito (PSDB) e a vereadora Beatriz (Rede) – que preside a comissão – relembraram que um requerimento anterior não foi respondido integralmente por funcionários da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

No texto aprovado ontem, os parlamentares relacionaram onze tópicos, entre perguntas e pedidos de envio de documentos. Entre eles, a cópia integral do contrato de permuta entre as partes; o projeto final dos novos locais que vão funcionar como ecopontos e as respectivas plantas; e quais os prazos e ordem para construção desses novos equipamentos.

ALAGAMENTOS -

Do total de requerimentos aprovados durante a 10ª sessão, três foram apresentados pelo vereador Arlindo Araújo (PPS).
No primeiro deles, o parlamentar pergunta quantas escolas obtiveram o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) entre os meses de dezembro de 2017 até ontem, data de aprovação do requerimento.

No requerimento seguinte, Arlindo Araújo questiona a Prefeitura sobre a periodicidade da manutenção das galerias pluviais da cidade, a quem cabe a prestação desse serviço e quando foi o último serviço realizado.

Por fim, o vereador Arlindo perguntou em outro requerimento quantos imóveis são locados pela Prefeitura para manter departamentos e secretarias e qual o valor mensal pago para custear esses aluguéis.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »