05/05/2020 às 15h47min - Atualizada em 05/05/2020 às 15h47min

Com curva ascendente Rio Preto registra 20 novos casos em 24 horas

São 159 pessoas positivas para coronavírus; gerente da vigilância epidemiológica afirma que município inicia a chamada “subida da montanha”

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Com 20 novos casos registrados nas últimas 24 horas Rio Preto continua em curva ascendente para contaminados com o coronavírus (Covid-19). Essa foi a afirmação da gerente da vigilância epidemiológica de Rio Preto, Andréia Negri, feita durante atualização dos casos na manhã desta terça-feira, dia 5.

São 159 casos positivos para a doença, com um total de 3.186 pacientes atendidos com estado gripal. Foram 1.867 testes realizados e 1.708 negativados. Do universo de casos positivos para a Covid-19 em Rio Preto, 57 pessoas estão recuperadas, 60 contaminados atuam na área da saúde, 34 foram detectados através de testes pelo Projeto Sentinela e outros 14 por testes rápidos.

A Secretaria de Saúde informou também o nono óbito por COVID-19 no município. O paciente é um homem de 86 anos, com comorbidades, residente em Rio Preto e previamente diagnosticado com coronavírus. Apresentou os primeiros sintomas no dia 9 de abril, foi internado na Santa Casa no dia 24 do mês passado e o óbito ocorreu nesta segunda-feira, dia 4.

Segundo a gerente da vigilância epidemiológica, Andréia Negri, Rio Preto inicia a chamada “subida da montanha”, uma referência ao crescimento dos casos até que se atinja o pico de incidência da doença.

“Não estamos no momento que está tudo tranquilo. Estamos fazendo um plano para quando estivermos na descendência, em desaceleração da curva, teremos algumas etapas de ações para que serviços possam ser liberados de acordo com os indicadores”, explica Andréia.

A equipe que integra o Comitê Gestor de Enfrentamento ao Coronavírus finaliza estudo que vai detalhar cientificamente e epidemiologicamente a situação da pandemia em Rio Preto. O estudo vai servir para a Prefeitura iniciar a flexibilização e retomada de alguns serviços e será apresentado até o fim desta semana.

“Indicadores matemáticos, científicos, epidemiológicos e também de ocupação de leitos. Vão nortear nossas decisões. Ainda vai subir a montanha para depois fazer a descida. A população precisa tomar todas as medidas e cuidados. O Estado já ampliou o uso de máscaras para todas as pessoas. Para reduzir essa subida da montanha para que não tenha um pico acentuado”, afirmou a gerente da vigilância.

Em relação as pessoas notificadas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), são agora 362 pessoas notificadas, sendo que 47 permanecem internadas (34 em enfermarias e 13 em UTI). Desses 45 foram confirmados para Covid-19 (12,4% do total de casos).

Durante a apresentação Andréia Negri foi questionada pela imprensa sobre o uso obrigatório de máscaras em todo o Estado, a partir do dia 7, decisão anunciada pelo governador do Estado João Doria. Segundo a representante da Saúde haverá em Rio Preto abordagens para orientação do uso do utensílio, mas lembrou que a fiscalização acontece por meio da própria população.

“O maior fiscal são as pessoas. Vai haver uma abordagem orientando para que todos tenham consciência. Regras são feitas para serem seguidas. Dentro do carro também, principalmente se você é um passageiro de um táxi, um Uber”, disse.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »