25/06/2019 às 17h54min - Atualizada em 25/06/2019 às 17h54min

Lewandowski é o segundo e vota a favor do habeas corpus de Lula

O ministro também criticou Felix Fischer por decisão monocrática

MBL NEWS
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski embasou seu voto dizendo que as garantias constitucionais foram quebradas pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), que havia decidido pela prisão do ex-presidente Lula. O ministro também criticou Felix Fischer por decisão monocrática ao manter o petista preso.

“Ao decidir monocraticamente, e assim forçar a defesa a usar agravo de instrumento, o ministro relator acabou por subtrair o legítimo direito de participação no julgamento, que é um direito sagrado, que garantimos aqui no Supremo para qualquer processo. Acabou de subtrair do paciente o direito de realizar a sustentação oral por sua defesa”, declarou Lewandowski.

O pedido de habeas corpus que está sendo votado faz referência a anulação da decisão do STJ. Portanto, a votação sobre a suspeição do ministro da Justiça Sérgio Moro ainda não iniciou. Mais informações em breve.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »