17/06/2019 às 14h43min - Atualizada em 17/06/2019 às 14h43min

Prefeitura de Rio Preto inaugura novo prédio do Centro Especializado em Reabilitação

CER é referência no atendimento multidisciplinar de média e alta complexidade em reabilitação física e intelectual

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
A Prefeitura de Rio Preto inaugurou na última semana, o novo prédio do Centro Especializado em Reabilitação – CER II – localizado no antigo Ambulatório de Especialidades (ARE), na rua São Paulo, 2.330. Para abrigar o serviço, que é referência no atendimento multidisciplinar de média e alta complexidade em reabilitação física e intelectual, o prédio foi totalmente reformado, com investimento de R$ 1.026.376,97, sendo R$ 533.563,60 para reforma predial e R$ 492.813,37 para compra de equipamentos. A empresa responsável pela obra foi Madri Iski Construções Eirelli.

O prefeito Edinho Araújo, acompanhado da primeira-dama, Maria Elza Araújo, participou da cerimônia, junto ao vice-prefeito, Eleuses Paiva e a esposa Sonia Paiva, ao secretário da saúde, Aldenis Borim, vereadores, e demais autoridades. “Eu conversei com os pacientes que foram atendidos no antigo Centro de Reabilitação e que estão aqui hoje para o primeiro atendimento no prédio novo. As expressões entusiasmadas dizem tudo. Estamos muito felizes com as novas instalações”, afirmou o prefeito. A cerimônia de inauguração contou ainda com a participação dos pacientes atendidos pela Apae e Instituto Renascer, que fizeram apresentações musicais.

O prédio, de 1.690,58m2, conta com espaço físico destinado ao ginásio terapêutico, com área de 170,74m2, ampla sala de recepção, com fechamento em vidro temperado e consultórios. A obra contemplou ainda adequação de acessibilidade, adequações em ambientes internos, melhorias de fluxos internos, reforma dos sanitários e pintura.

A nova estrutura conta também com oficina ortopédica, que irá ampliar a oferta de serviços, qualificando e minimizando custos, o que possibilitará a dispensação dos itens pelo Programa de Órteses e Próteses de forma mais eficiente, além de facilitar o acesso dos usuários.

Centro Especializado em Reabilitação – CER II

Em Rio Preto, o serviço especializado em reabilitação começou em 1º de abril de 2004, quando a prefeitura assumiu a Associação dos Deficientes Físicos – ARDEF. Em 19 de outubro de 2006, a Associação foi cadastrada no Ministério da Saúde, como Serviço Ambulatorial de Medicina Física e Reabilitação. Com a qualificação constante do município, em 22 de dezembro de 2016, o Ministério da Saúde habilitou o serviço como Centro Especializado em Reabilitação Intelectual/Autismo e Física (CER II), em acordo com a portaria ministerial nº 793.

Serviço

O CER atende pacientes com deficiências físicas e disfunções permanentes ou transitórias, causadas principalmente por acometimentos neurológicos, como traumatismo crânio-encefálico (TCE), acidente vascular encefálico (AVE), lesão medular, paralisia cerebral, doenças neurológicas progressivo-degenerativas e más formações. O serviço é referência também para os casos de amputações, atraso no desenvolvimento neuropsicomotor, queimados, disfunção vestibular, paralisia facial e disfagia e alterações musculoesqueléticas.

Na Reabilitação Intelectual, o enfoque são crianças de até 12 anos. O serviço é referência para o diagnóstico e reabilitação de crianças com Deficiência Intelectual (DI) moderada a grave e/ou Transtorno do Espectro do Autismo. O serviço atende ainda crianças com atraso no desenvolvimento de fala e linguagem a partir de três anos (transtornos da linguagem oral), distúrbios da linguagem escrita, transtornos de aprendizagem, gagueira, disfonia (alterações da voz) e alterações miofuncionais. Além disso, conta com atendimento de urgência em fisioterapia.

Atualmente, o CER conta com equipe multidisciplinar constituída por fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, enfermeiros, nutricionistas, assistentes sociais, psicólogos e médicos fisiatras, ortopedistas, neuropediatras, proctologistas e psiquiatras.

Para ser atendido, é necessário obter as guias de referência dos serviços especializados e hospitais conveniados.

Programa de Órteses e Próteses e Meios Auxiliares de Locomoção (OPM) e Serviço de Assistência ao Estomizado

O Centro Especializado em Reabilitação, em parceria com o Ministério da Saúde, conta também com o Programa de Órteses e Próteses e Meios Auxiliares de Locomoção (OPM), que tem o objetivo de realizar a prescrição, avaliação, adequação, treinamento, acompanhamento e dispensação destes itens aos portadores de deficiência física. Também possui o Serviço de Assistência ao Estomizado, que é referência regional para prescrição, avaliação, adequação, treinamento, acompanhamento e dispensação de itens de ostomias.

Ambos os programas entregam em média 7.500 insumos/materiais por mês. Em 2018, foram entregues 92.713 itens, sendo 3.066 OPM, entre eles: cadeiras de rodas, cadeiras motorizadas, cadeiras de banho, órteses, próteses, bengalas, muletas e andadores.

Atendimento

O CER possui 37 mil prontuários cadastrados. No primeiro quadrimestre de 2019, o serviço atendeu 8.817 pacientes, ofertou 31.365 consultas com as diferentes categorias profissionais, dispensou 1.026 itens de órteses e próteses e 20.062 itens para estomizados.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »