20/02/2019 às 10h38min - Atualizada em 20/02/2019 às 10h38min

114 anos do maior clube de serviços do mundo

Rotary – há mais de um século causando mudanças duradouras nas pessoas, nas comunidades e no mundo

David Prates, especial para o AtaNews
Foto: Arquivo
Paul Percy Harris era uma criança levada. Criado pelos avós na pequena cidade de Wallingford, Vermont (EUA), demorou para tomar um rumo na vida, já que foi expulso de duas escolas superiores. Com o tempo e a paciência de seu primeiro patrão houve uma grande mudança de comportamento e em 1891 formou-se em direito. Logo após a formatura, decidiu passar 5 anos viajando pelos Estados Unidos e neste período trabalhou em diversos empregos temporários. Chegou a ser porteiro de hotel, repórter, marinheiro, cowboy, vendedor de granito e professor.

Após seu período de aventura, mudou-se para Chicago onde em pouco tempo tornou-se um advogado conhecido. Apesar disso, sentia uma grande dificuldade de fazer amigos na “cidade grande”. A Chicago da virada do século era uma cidade em crescimento e as constantes mudanças sociais e financeiras proporcionavam bons negócios para os advogados. A natureza amável de Paul lhe rendeu amizades em todas as camadas sociais. Mas, aos domingos e feriados, o rapaz do campo adorava sair da cidade. E, ao passear pelos arredores da cidade, sonhava com as amizades simples de seu lar.

Uma noite Paul Harris foi jantar com um colega do escritório. Na caminhada até chegar ao restaurante, seu amigo parou em vários estabelecimentos comerciais para cumprimentar os proprietários e lhes apresentar Paul. Ele começou a pensar que seria uma boa ideia reunir um grupo de colegas de negócios em um ambiente informal, de amizade. E ainda haveria uma vantagem especial se cada um representasse uma profissão diferente. Na noite de 23 de fevereiro de 1905 ocorreu a primeira reunião na sala 711 do Edifício Unity em Chicago, composta dos quatro fundadores: Paul Harris, Silvester Schiele, Hiram Shorey e Gustavus Loehr. Assim, começaram a se encontrar regularmente, levando os amigos para o seu clube.

“Eu tinha certeza de que havia muitos outros jovens vindos de fazendas e cidades pequenas que estavam procurando se estabelecer em Chicago, então, por que não unir todos eles? Se outras pessoas, como eu, estavam querendo fazer amizades, essa ideia daria resultado”, disse Paul Harris.

Os encontros começaram a ser rotativos, cada vez no escritório de um dos sócios, assim nasceu o nome ROTARY. E logo começavam a ser fundados clubes de Rotary em outras cidades. 

Paul percebeu que além de fortalecer os vínculos de amizade, os clubes também poderiam ajudar a transformar suas comunidades.

Em 1910 já eram 14 Rotary Clubs independentes com 1800 sócios. Foi criada a Associação Nacional de Rotary Clubs, com estatuto e regimento interno e Paul Harris foi eleito o primeiro presidente.

De lá para cá o clube de amigos cresceu muito e transformou-se em ROTARY INTERNATIONAL, com presença em 217 países e regiões. Somos mais de um milhão de duzentos mil associados espalhados em mais de trinta e cinco mil clubes rotários. Mas, uma coisa permanece imutável. O ideal de Paul Harris de servir a comunidade e seu desejo de compreensão e paz entre todas as nações e povos da Terra.


Informações: Comissão Distrital de Imagem Pública
Jornalista: Paulo Cesar Maia da Cruz (Presidente da Comissão Distrital de Imagem Pública)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »