27/11/2018 às 16h01min - Atualizada em 27/11/2018 às 16h01min

Ampla maioria define aprovação do Orçamento para 2019

Assessoria de Imprensa da Câmara
Foto: Angelo Cardoso
Com onze votos favoráveis, o Plenário aprovou no começo dessa semana, a proposta de orçamento municipal previsto para o próximo ano. A previsão de arrecadação é de aproximadamente R$ 640 milhões.

A matéria recebeu dois votos contrários – dos vereadores Arlindo Araújo (PPS) e Cido Saraiva (MDB). O vereador Dr. Alceus (PV) esteve ausente no momento da votação. Por questão regimental, o presidente da Câmara, vereador Rivael Papinha (PSB) não vota neste projeto.

Na mensagem anexa ao projeto de lei que estima a receita e fixa a despesa para o ano que vem, o prefeito Dilador Borges apontou que da administração direta as fontes com maior disponibilidade de arrecadação em 2019 provêm dos impostos (R$ 142,7 milhões), das taxas (R$ 36 milhões) e das transferências correntes (R$ 373,5 milhões).

Conforme o texto apresentado aos vereadores, as funções de Saúde e de Educação seriam os destinos com o maior investimento recebido. A primeira, com R$ 161 milhões; já a outra, R$ 159 milhões.

Entre as secretarias municipais, segundo o próprio memorial de investimentos, as pastas da Fazenda e de Obras e Serviços Públicos receberiam aportes anuais de R$ 82 milhões e R$ 59 milhões, respectivamente.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »