10/07/2024 às 08h38min - Atualizada em 10/07/2024 às 08h38min

Policial Militar é baleada em Rio Claro e suspeito morre em confronto com o Baep

Segundo a PM, suspeito de 30 anos tentou fugir e atirou contra equipes. Policial foi socorrida e passa bem.

Um homem procurado pela Justiça morreu em Rio Claro (SP) após atirar contra policiais militares do 10º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) que apoiavam uma operação na área rural na noite de segunda-feira (8). A identidade da vítima de 30 anos não foi divulgada.

Durante o confronto, que aconteceu por volta das 20h30 na Estrada Municipal Sobrado, uma policial militar foi baleada na região tórax. Ela foi socorrida e o estado dela é estável.

O Baep recebeu informações de que o suspeito, procurado pela Justiça por vários crimes roubos, estaria escondido em um sítio.

Os PMs realizaram um cerco no local. Ao perceber a presença dos policiais, o homem tentou fugir para uma área de mata e efetuou disparos contra as equipes.

"Recebemos um a denúncia de um indivíduo de altíssima periculosidade, nossas equipes vieram fazer averiguação da denúncia, foram recebidas a tiros. Houve revide, ele foi alvejado e entrou em óbito", disse o comandante do Baep, tenente-coronel Marcelo Henrique de Lima.

Segundo a polícia, o disparo que atingiu a policial militar não transfixou o colete. Ela passou por exames e permanece internada em observação.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio e morte decorrente de intervenção policial.

De acordo com o comandante, a Operação Adaga da PM visa capturar suspeitos procurados pela Justiça.

“Como Rio Claro é também a nossa área de atuação, estamos aqui para suplementar o policiamento regional para diminuir a letalidade violenta dos crimes. É importante a gente frisar o apoio da comunidade pelo 190 passando denúncias para que a gente possa averiguar e aumentar a sensação de segurança da população", disse o comandante.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »