02/07/2018 às 14h39min - Atualizada em 02/07/2018 às 14h39min

Município de Buritama terá monumento na rotatória da prainha

Assessoria de Imprensa
foto: Assessoria de Imprensa
Buritama ganhará seu primeiro monumento para valorizar o turismo local. A arte contará um pouco de sua história e a construção acontece na rotatória da avenida Antonio Alves Teixeira, próximo ao parque turístico João Simão Garcia. O artista Romildo Cardozo Santos é o responsável pela criação. O projeto valoriza o patrimônio cultural e atua como um produto para fomentar o turismo náutico e de pesca.

O monumento terá seis painéis e vão retratar as riquezas do município. Em destaque terão três peixes (Tucunaré, Tilápia e Corvina). São peixes enormes que representam a influência da pescaria no município. Nas laterais terão cenas para simbolizar a fauna e flora (Buriti – símbolo de fundação da cidade), esportes náuticos, pesca esportiva, esporte e lazer, agricultura e pecuária e a última cena mostrará o rodeio e cavalgada da cidade.

O investimento é de R$ 120 mil, com verba oriunda do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur), da Secretaria Estadual de Turismo do Governo do Estado de São Paulo. A previsão de entrega é para as comemorações do aniversário da cidade, celebrado no dia 24 de agosto.

“Isso eleva muito o nome da cidade, a obra de arte tem um poder tão grande de atrair o espectador próximo dela, tirar foto, participar, interagir com a obra, ainda mais hoje com a internet, é uma das principais obras para virar estância turística, obras de arte e culturalmente, até em termos didáticos para as crianças em ver as riquezas sendo valorizadas”, disse Romildo que já realizou obras em José Bonifácio, Rio Preto, Santa Fé do Sul, Jaci, Neves Paulista, Mato Grosso, Belo Horizonte, entre outras localidades.

De acordo com o diretor de Turismo, Wilton Rosalino Borges, Buritama se tornou Município de Interesse Turístico (MIT) no dia 31 de maio de 2017. São R$ 600 Mil para investir no desenvolvimento do turismo. “Nosso objetivo é resgatar a história e mostrar aos visitantes um pouco de nossas tradições, de acontecimentos que marcam os pontos turísticos do município, o que deixará nossa cidade ainda mais mais bonita e acolhedora”, explicou.

Borges explicou que o monumento reforça o potencial na pesca esportiva e náutica e o investimento é o primeiro projeto de quatro aprovados pelo Governo do Estado para desenvolver o turismo no município. O diretor frisou que haverá ampliação da ciclovia, paisagismo com jardinagem nas rotatórias e canteiros das principais vias de acesso de entrada e saída da cidade e sinalização turística. “O projeto tem o objetivo de melhorar a infraestrutura turística local e faz parte do plano de desenvolvimento turístico e reveste-se de grande importância para dinamizar a atividade no município”, salientou.

Para o Governo do Município, na administração do prefeito Rodrigo Zacarias dos Santos, o início da construção do monumento deve resgatar o que o município tem oferecido há muitos anos aos turistas. Ele citou a pesca, rio Tietê e o acolhimento. “Depois de muito trabalho e luta para se alcançar o MIT, a cidade se estrutura para buscar uma nova meta, que é se tornar estância turística, todas estas conquistas garantirão mais emprego e renda aos moradores”, finalizou.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »