03/08/2021 às 16h47min - Atualizada em 03/08/2021 às 16h47min

Ana Marcela, da maratona aquática, luta por medalha nesta terça

Atleta cotada para subir ao pódio em Tóquio entra na água às 18h30

Agência Brasil
O Brasil volta a nadar por medalha na noite desta terça-feira (3) na Olimpíada de Tóquio. Favorita a subir ao pódio, a atleta Ana Marcela Cunha vai disputar a final da maratona aquática de 10km às 18h30 (horário de Brasília) na Marina de Odaiba, na capital Tóquio.

Foto: Satiro Sodré

Foto: Satiro Sodré


A baiana, de 29 anos, já foi eleita seis vezes a melhor atleta do mundo em maratonas aquáticas. Além disso, ela é tetracampeã mundial em provas de 25km (2011, 2015, 2017 e 2019) e campeã pan-americana em Lima (2019) na prova de 10km.

Foto: Satiro Sodré

Foto: Satiro Sodré


Ana Marcela Cunha competiu na Rio 2016 como esperança de medalha, mas terminou a competição como décima colocada. Entretanto, a maratona aquática brasileira conquistou medalha de bronze nas águas de Copacabana com a paulista Poliana Okimoto.

Brasil avança à final de saltos no hipismo em Tóquio com Yuri Mansur

O cavaleiro Yuri Mansur é o primeiro finalista da delegação brasileira de hipismo na Olimpíada de Tóquio (Japão). O paulistano, de 42 anos, se classificou na madrugada de hoje (3) à final dos saltos, que ocorrerá às 7h  desta quarta-feira (4), no Parque Equestre, na capital japonesa. 

Foto: Miriam Jeske/ COB

Foto: Miriam Jeske/ COB


“Foi muito bom, tive tranquilidade no percurso. A única dúvida que eu tinha era no triplo e tomei a decisão certa. Meu cavalo [QH Alfons Santo Antonio] saltou bem em todo o percurso. Ele estava assustado quando fui perto do primeiro obstáculo. Ele é um cavalo sensível, só que é muito valente e dá o máximo dele, sempre”, disse Mansur em depoimento ao Comitê Olimpico do Brasil (COB).

A competição contou também com o cavaleiro maranhense Marlon Zanotelli, de 33 anos,que ficou bem perto da classificação com o cavalo VDL Edar, mas cometeu uma falta e não avançou. O torneio individual de saltos reuniu 73 atletas e  apenas os 30 primeiros colocados lutarão por medalhas. 

Disputa por equipes
Às 7h de sexta-feira (6) começa a etapa qualificatória da competição dos saltos por equipes. O Brasil será representado por Rodrigo Pessoa (com o cavalo Carlitos Way) e Pedro Veniss (Quabri de L’isle), além de Yuri Mansur e Marlon Zanotelli.  Quem se classificar, fará a final no sábado (7), às 7h. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »