12/06/2021 às 16h11min - Atualizada em 12/06/2021 às 16h11min

Mais de 710 profissionais da Educação de 18 a 44 anos já foram imunizados contra a covid-19

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Mais de 710 profissionais da educação básica de 18 a 44 anos já foram imunizados contra a covid-19. A vacinação para este público das redes pública e privada teve início ontem (11/06), quando 588 pessoas foram vacinadas. Neste sábado (12), mais 126 tomaram a primeira dose da Pfizer/BioNTech.

A vacinação segue na próxima semana no drive-thru do Hangar, das 7h30 às 12h. Antes de procurar o posto é obrigatório fazer o cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br/educacao. No momento da vacinação, o profissional deve apresentar RG, CPF e o comprovante QRCode gerado no cadastro.

Podem se vacinar todos que atuam nas escolas ou em órgãos administrativos, como professores, secretários de escolas, auxiliares de serviços gerais, faxineiras, merendeiras, orientadores, diretores, vice-diretores, coordenadores pedagógicos e supervisores de ensino.

COMORBIDADES

A Secretaria de Saúde vacinou mais 221 pessoas de 18 a 59 anos com comorbidades e deficiência permanente no Dia D de vacinação, realizado neste sábado (12). Foi mais uma oportunidade oferecida pelo município para as pessoas que ainda não procuraram os postos para receber a primeira dose.

A imunização para este público segue na próxima semana em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde), das 7h30 às 12h, e no drive-thru do Terminal Rodoviário, das 7h30 às 13h30. Antes de procurar os postos é necessário fazer o pré-cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br.


Quem possui comorbidades devem apresentar documento com foto e CPF, além do comprovante da comorbidade que possuem, sendo válido laudos de exames por imagem, receitas, relatório ou prescrição médica, contendo o CRM do médico, emitidos no prazo máximo de 1 ano.

DEFICIÊNCIA PERMANENTE

Pessoas com deficiência permanente que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada) da Assistência Social ou do INSS devem apresentar o comprovante do benefício, além dos documentos pessoais, como RG, CPF e comprovante de endereço.

Pessoas com deficiência permanente física, sensorial ou intelectual devem levar laudo médico, receita atualizada de no máximo 1 ano ou o recibo com o número do benefício (sendo válidos aposentadoria por invalidez, auxílio-doença ou auxílio-acidente).

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »