29/03/2021 às 12h23min - Atualizada em 29/03/2021 às 12h23min

Como conseguir guardar dinheiro?

Saiba como controlar seus gastos de uma forma que sobre dinheiro no fim do mês.

Assessoria de Imprensa
Foto: Imagem Ilustrativa
A melhor atitude a ser tomada por quem está vendo sua vida financeira se tornar um verdadeiro caos, é buscar meios de controlar os próprios gastos e guardar dinheiro.
 
Obviamente, essa não é uma tarefa fácil — sobretudo devido à atual situação econômica do Brasil —, no entanto, a partir de pequenas mudanças de hábitos e da aplicação de algumas técnicas, é possível ter mais capital sobrando ao fim de cada mês.
 
Para ajudar nesse processo, selecionamos algumas dicas bastante úteis que te ensinarão a poupar dinheiro independente dos seus ganhos mensais. Confira!

Conheça sua realidade financeira
A primeira coisa a se fazer antes de traçar metas para sua poupança é conhecer sua realidade financeira.
 
Para isso, você precisa responder às seguintes perguntas:

Qual é a minha renda mensal?
Quais são as minhas necessidades financeiras?
Qual é a minha média de gastos mensais?
Possuo dívidas?
Quais são os meus objetivos financeiros?

 
- Com base nas respostas, você tomará conhecimento da sua capacidade de guardar dinheiro.

- Crie uma planilha de gastos pessoais

- Criar uma planilha para registrar seus gastos pessoais é extremamente importante para manter o controle das suas finanças, pois, dessa forma, nada passará despercebido.
 
Sendo assim, você deverá anotar todos os seus ganhos mensais e também as suas despesas diárias, ainda que muitas delas pareçam insignificantes.
 
Quando você consegue visualizar para onde vai a maior parte do seu dinheiro, é mais fácil definir onde é possível economizar.

Limite seu orçamento para alguns tipos de gastos
Essa é uma dica fundamental para as pessoas que querem encontrar soluções para guardar dinheiro.
 
É claro que existem despesas que não podem ser evitadas, como é o caso do aluguel e das contas de serviços essenciais — como luz e água, por exemplo —, mas há outras que podem, sim, ser limitadas, como gastos com lazer, roupas e até mesmo alimentação. No entanto, não é preciso tomar medidas drásticas, pois esses gastos são importantes para a sua qualidade de vida, basta se organizar e planejar melhor.
 
Uma sugestão é, em vez de gastar todo o dinheiro que sobrar com lazer, defina um orçamento máximo para isso e guarde o restante.

Utilize o cartão de crédito de maneira consciente
Muitos consideram o cartão de crédito um verdadeiro vilão, porém, não é bem assim que funciona. Essa ferramenta pode ser extremamente útil se for utilizada da forma correta.
 
Para que isso seja possível, é preciso entender o propósito do cartão de crédito: trata-se de um método de pagamento e não de uma espécie de empréstimo, ou seja, os pagamentos feitos por meio dele não devem ultrapassar seu orçamento em hipótese alguma.
 
Também é importante ressaltar que não há nada de errado em usá-lo. O problema surge quando você enxerga o cartão como uma forma de continuar gastando o dinheiro que já acabou.

Pesquisar antes de comprar

Essa dica pode parecer óbvia, mas comparar preços certamente fará você economizar uma quantia considerável. Portanto, não compre na primeira loja que você entrar ou no primeiro site que visitar. O ideal é ir em outros lugares e navegar em outras páginas para comparar os preços e optar pelo mais barato.

Tenha uma reserva para emergências
Após seguir essas dicas, em algum momento você vai conseguir fazer com que sobre dinheiro no final do mês. Quando isso acontecer, a primeira coisa a ser feita é criar uma reserva de emergência.
 
A reserva de emergência impedirá que você se endivide novamente com gastos inesperados. Portanto, não hesite em fazê-la.

Comece a investir o seu dinheiro
Por fim, uma das dicas mais importantes é investir o dinheiro que você conseguir guardar, assim será possível potencializar seus rendimentos a longo prazo, fazendo com que o dinheiro trabalhe para você.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »