16/03/2021 às 12h37min - Atualizada em 16/03/2021 às 12h37min

Transmissão da Covid-19 no Brasil explode e país pode ter 15.400 mortes nesta semana

Yahoo Notícias
Foto: Divulgação
O Brasil vive o pior momento da pandemia do novo coronavírus e os números provam isso. Além dos registros de casos e óbitos aumentando em todo o país, o Imperial College de Londres divulgou nesta terça-feira (16) que a taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil subiu e agora é de 1,23.

O número mais recente representa um aumento expressivo em comparação ao relatório divulgado há duas semanas, quando o índice era de 1,13.

Para entender melhor, há o seguinte parâmetro: com uma taxa acima de 1, a doença é considerada "sem controle". Esse é um dos principais índices para mensurar o tamanho da emergência sanitária em países ao redor do mundo. Com a taxa abaixo de 1, a tendência é uma queda de casos e mortes. 

Com 1,23, o Brasil tem o seguinte quadro: 100 pessoas contaminadas transmitem a doença para outras 123, dando uma medida da escalada da crise por aqui.

O Imperial College de Londres traz outro índice pessimista para os brasileiros. No levantamento, há uma projeção de 15.100 mortes por Covid-19 no país nesta semana. Na última semana, a universidade registrou 12.335 óbitos no Brasil. Segundo o documento, o cenário mais pessimista traz 15.400 mortes em 7 dias. 

Em meio a esse quadro dramático, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou Marcelo Queiroga, médico cardiologista, como o quarto ministro da Saúde de sua gestão. O substituto do general Eduardo Pazuello, no entanto, descartou a possibilidade de um "lockdown" nacional. 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »