11/04/2018 às 14h15min - Atualizada em 11/04/2018 às 14h15min

Denúncia leva Policiamento Ambiental a descobrir fábrica clandestina de palmito

PMESP
Foto: Polícia Militar
Uma denúncia levou os Policiais Militares do 3º Batalhão de Polícia Ambiental a localizaram uma fábrica de produção irregular de palmito. O fato aconteceu no município de Pedro de Toledo. A fábrica ficava em uma área muito densa de floresta no parque estadual da Serra do Mar, à cerca de 9 horas (a pé) da estrada. Durante o percurso, um homem foi detido em um riacho. Com ele foi localizado uma espingarda, petrechos para beneficiamento de palmito e um burro, que era utilizado para transporte.
 
No rancho foram avistados mais cinco pessoas, uma delas procurada pela Justiça segundo a denúncia. Foi dada ordem de parada e dois homens correram, se embrenhando na mata. Houve troca de tiros, mas um dos criminosos fugiu. Nenhum policial ficou ferido. O segundo fugitivo acabou se entregando e foi constatado que ele era menor de idade.

 
Em busca no local foi localizado um farto material para beneficiamento de palmito, seis muares para transporte, uma espingarda, diversas munições e petrechos bélicos, inclusive para recarga, e aproximadamente 250 quilos de palmito.
 

 
A ocorrência foi encaminhada para o Distrito Policial de Peruíbe onde foram autuados por associação criminosa, posse ilegal de arma de fogo, porte de drogas, ter palmito em depósito e corrupção de menores e os cinco envolvidos permaneceram à disposição da Justiça.
 
Foram elaborados os Autos de Infração Ambiental por dano a unidade de conservação, extração ilegal de palmito e caça. Os valores das autuações somaram R$ 296.400,00. 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »