24/02/2021 às 09h17min - Atualizada em 24/02/2021 às 09h17min

“Operação Panaceia” detém seis integrantes de organização criminosa e recupera nove veículos

Ação teve o objetivo de desarticular grupo especializado em roubos de cargas de medicamentos para oncologia no Estado de SP

SSP
Foto: Polícia Civil
Na manhã desta terça-feira (23) a Polícia Civil deteve seis pessoas, recuperou nove veículos e apreendeu drogas, munições e coletes balísticos durante a “Operação Panaceia”. As ações, realizadas em diferentes regiões do Estado de SP e de Minas Gerais, tiveram como objetivo desarticular uma organização criminosa especializada em roubos de cargas de medicamentos oncológicos.

Coordenada pela Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Ribeirão Preto, a operação contou com apoio do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (DOPE), Delegacia de Polícia de São Lourenço da Serra, Delegacias Seccionais da área e de São João da Boa Vista, além da Delegacia Regional de Polícia de Guaxupé, em MG.

A organização criminosa alvo da ação foi identificada mediante trabalhos de investigações iniciados após dois roubos de carga no munícipio de Jardinópolis, em 2020. Na ocasião duas cargas de medicamentos, avaliadas em R$7,8 milhões e R$ 3,1 mi, foram roubadas pelos suspeitos na Rodovia Anhanguera sob emprego de armas de fogo.

Os trabalhos de investigação resultaram na expedição de 11 mandados de prisão e 24 de busca e apreensão na capital paulista e nas cidades de Cotia, Osasco, São Lourenço da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, São João da Boas vista e na cidade mineira de Guaxupé.

Como resultado seis homens foram capturados, sendo dois também indiciados por tráfico de drogas e posse de arma de fogo com numeração suprimida. Além da recuperação de nove veículos, sendo dois caminhões e uma van, e apreensão de 810g de maconha, uma arma de fogo, munições, coletes balísticos, celulares e documentos.

Os suspeitos foram encaminhados à unidade especializada (Deic de Ribeirão Preto), interrogados e indiciados, permanecendo para disposição da Justiça. As investigações prosseguem para deter demais envolvidos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »