07/12/2020 às 09h19min - Atualizada em 07/12/2020 às 09h19min

Roupas de natação: saiba quais as vantagens de cada peça

Tipo de tecido influencia no desempenho dentro d’água e devem ser adequados para cada objetivo na natação.

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
O hábito de nadar é uma prática favorita de muitas pessoas. Seja para o lazer ou para competir, o esporte pode ser proveitoso e é extremamente benéfico para a saúde. Mas será que, para praticá-lo, qualquer traje para natação é compatível com o objetivo que você tem em mente?
 
Ao escolher uma roupa para praticar natação, é necessário se atentar a algumas características. A elasticidade das peças, o tipo de tecido e até o formato da roupa são aspectos que interferem no conforto e no desempenho do nadador. Assim, a escolha precisa ser cuidadosa. A seguir, conheça um pouco mais sobre as vantagens de cada peça.
 

Atenção para o tipo de tecido

Antes da escolha da peça, é importante que você analise o tipo de tecido nela confeccionado. Dependendo de quais são os seus objetivos, o material da roupa pode fazer o diferencial no seu desempenho na piscina, tornando esse momento importante.
 
Para quem vai nadar sem o intuito de disputar provas e competições, é recomendado procurar por trajes feitos de poliamida (também conhecido como helanca) e lycra. A poliamida apresenta maior resistência ao cloro e conta com um preço mais em conta. Sua elasticidade não é um ponto forte, mas atende a necessidade de lazer do nadador.
 
A lycra apresenta vantagens semelhantes e também são indicadas para quem quer praticar apenas para se divertir ou se exercitar. Elas são mais duráveis que as roupas de poliamida, mas também custam mais.
 
Já para quem vai competir, o mais indicado são os trajes feitos de poliéster. Eles apresentam uma alta durabilidade, com uma resistência que pode ser 20 vezes maior do que outros tipos.
 

Sungas

É o tradicional traje utilizado pelos homens para nadar. A sunga de natação apresenta diferença em relação aos modelos voltados para o lazer. Por exemplo, elas costumam apresentar forro interno na parte frontal e traseira, o que é importante, já que ela vai ter mais contato com a água do que modelos para praia.
 
Existem sungas de natação que ainda apresentam ainda alta durabilidade e até mesmo tecnologia capaz de bloquear o cloro. Algo que faz com que o preço da peça seja mais elevado, mas que atende às necessidades dos nadadores.
 

Maiô

Já no caso das mulheres, uma das principais escolhas é o maiô. Ele proporciona segurança ao nadar, além de durabilidade para a prática longa e contínua de natação. Existem modelos que se ajustam a diferentes formatos de corpo, o que facilita na hora de escolher o produto.
 
Ao contrário da maioria dos modelos de biquíni, o decote do maiô é mais fechado favorecendo a prática da natação. O desenho e corte da peça permite que ela fique mais ajustada,  facilitando o deslocamento na água. Modelos que tenham alças em formato de X podem ser uma alternativa para quem prefere o decote mais aberto, e que melhoram a movimentação dos braços.
 
Para quem nada com frequência, modelos que tenham uma abertura em forma de “O” nas costas são os mais indicados. Eles dão maior liberdade às nadadoras para se movimentar, melhorando o rendimento.
 

Trajes de neoprene

Outra alternativa de peças são os macacões de neoprene, que apresentam versões tanto para homens quanto para mulheres. Esse modelo de roupa especializada é mais recomendado para quem nada em águas abertas e bem cedo.
 
Isso porque a tecnologia das roupas emborrachadas — conhecidas como neoprene — ajuda a manter a temperatura do corpo. Além de oferecer proteção térmica, outra vantagem é que o atrito com a água é menor, favorecendo a flutuação dos nadadores.
 
Isso gera mais velocidade ao nadar e aprimora o desempenho. Alguns estudos apontam para a diminuição da demanda energética da prática, de modo que o atleta precise fazer menos esforço ao nadar.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »