24/02/2020 às 09h09min - Atualizada em 24/02/2020 às 09h09min

USP: Alunos da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto ganham Centro de Vivência

Espaço de integração da Universidade de São Paulo abriga os Centros Acadêmicos dos seis cursos de Ciências da Saúde

Governo do Estado de São Paulo
Foto: Divulgação

Os alunos da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da Universidade de São Paulo (USP) ganharam um espaço de integração que abrigará os Centros Acadêmicos dos cursos de Ciências Biomédicas, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Informática Biomédica, Nutrição e Metabolismo e Terapia Ocupacional.

O Centro de Vivência das Ciências da Saúde foi inaugurado em 14 de fevereiro, em cerimônia que contou com a presença do reitor da USP, Vahan Agopyan, e do vice-reitor Antonio Carlos Hernandes, além de outros dirigentes da universidade.

“Estamos muito satisfeitos por entregar este Centro de Vivência, que, a partir de agora, ficará sob a responsabilidade dos alunos. Nossa principal preocupação era oferecer um espaço que ficasse bem localizado e de fácil acesso, para que fosse efetivamente frequentado pelos estudantes. Assim como o reitor, nós, da FMRP, acreditamos que o que temos de melhor e o que devemos preservar são os nossos estudantes”, salientou ao Jornal da USP a diretora da unidade, Margaret de Castro.

Estrutura

O espaço de 364 metros quadrados tem sala de vivência, sala de reunião e cozinha. Localizada entre o Prédio Central e o Anexo A, a construção foi totalmente reformada pela diretoria da Faculdade, que também cedeu mobiliário e eletrodomésticos como geladeira, fogão e ar condicionado, e continuará colaborando com o suporte para infraestrutura.

A utilização, a gestão e a manutenção do Centro de Vivência, porém, são de responsabilidade dos alunos, desde que todas as normas da USP sejam respeitadas. O reitor da universidade, Vahan Agopyan, chamou a atenção para a beleza do local escolhido, arborizado e amplo.

“Uma das nossas prioridades é o acolhimento estudantil, ou seja, fazer com que o estudante sinta que está inserido na instituição, que faz parte e é responsável por ela. A universidade é uma das poucas universidades do mundo capazes de oferecer uma infraestrutura para atividades culturais e esportivas como a nossa. Isso proporciona ao nosso aluno uma formação mais completa, mais integrada com a sociedade”, ressaltou o reitor ao Jornal da USP.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »