12/12/2019 às 14h29min - Atualizada em 12/12/2019 às 14h29min

Polícia Civil de São Paulo prende dois no Paraná por furtos em condomínio de Dracena (SP)

Participaram da ação 30 policiais; diversos objetos subtraídos nas residências foram recuperados

SSP
Os trabalhos foram realizados em Londrina, no Estado do Paraná, e contou com apoio operacional da Polícia Civil local (Foto: Polícia Civil)
A Polícia Civil do Estado de São Paulo desencadeou, na manhã desta quinta-feira (12), a Operação Vila Romana, com objetivo de prender criminosos envolvidos em furtos a um condomínio residencial em Dracena. Os trabalhos foram realizados em Londrina, no Estado do Paraná, e contou com apoio operacional da Polícia Civil local.

Participaram dos trabalhos em campo 21 policiais paulistas das Delegacias de Investigações Gerais (DIG) e Sobre Entorpecentes (Dise) e do Centro de Inteligência Policial (CIP) de Dracena. Também apoiaram as atividades os Grupos de Operações Especiais (GOE) de Dracena, Adamantina e Presidente Venceslau.

Dois homens, de 24 e 41 anos, foram presos após o cumprimento de dois mandados de prisão temporária. Além disto, foram recuperadas joias, celulares, videogames, dentre outros objetos furtados nas cidades Dracena, Adamantina (SP) e Junqueirópolis (SP). 

“O nosso trabalho é realizado para trazer segurança à população. Coibir furtos e roubos à residência é uma das maneiras para que a população de Dracena se sinta segura”, explicou o delegado Cleber Augusto Batista, responsável pelas diligências e titular da DIG. 

Ao todo, nove policiais civis do Paraná prestaram apoio operacional durante a operação. Os envolvidos serão transferidos para as sedes das unidades especializadas de Dracena. “As investigações seguem para deter um terceiro homem que já foi identificado”, finalizou o delegado.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »