07/03/2018 às 13h51min - Atualizada em 07/03/2018 às 13h51min

Moacyr Franco canta seus sucessos no Sesc Birigui nesta sexta, dia 9

Show começa às 20h e tem entrada gratuita; sucessos como "Doce Amargura", "Coração sem Juízo", "Querida" estarão no repertório

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Famoso por composições que vão de boleros e marchinhas a sertanejo raiz, e por passagens por programas humorísticos, Moacyr Franco faz show na Área de Convivência do Sesc Birigui nesta sexta, no dia 9, às 20h. A entrada é gratuita.

Sucessos como "Doce Amargura", "Coração sem Juízo", "Querida", "Milagre da Flecha", entre outros, farão parte do repertório. No período da tarde, o cantor também estará no Sesc Birigui para uma atividade específica do projeto "Cá Entre Nós", para um público fechado.

Moacyr começou sua carreira nos anos 1960 no programa Praça da Alegria. Interpretando o personagem "Mendigo", emplacou um grande sucesso ao gravar a marchinha de carnaval "Me Dá Um Dinheiro Aí". Logo, gravou outras músicas que ficaram marcadas, como "Suave é a Noite" (versão de Tender is the Night), "Pelé agradece", "E tu te vais", "Pedágio" e "Eu Nunca Mais Vou Te Esquecer".

Nas décadas de 1980 e 1990 compôs várias músicas no gênero sertanejo, que alcançaram os primeiros lugares nas paradas, como: "Dia de Formatura", com Nalva Aguiar, "Seu amor ainda é tudo", "Ainda ontem chorei de saudade" e "Se eu não puder te esquecer", com João Mineiro e Marciano.

Na TV, apresentou vários programas, como "Pequenos Brilhantes", "A Mulher é um Show", "Concurso de Paródias", "Moacyr Franco Show" e "Moacyr TV", na Rede Globo, além de atuar nos humorísticos "Meu Cunhado", ao lado de Ronald Golias, "Ô... Coitado!", "A Praça é Nossa", "SBT Palace Hotel", entre outros.

Participou também da versão da Rede Globo para a "Praça da Alegria", apresentada por Luís Carlos Miéli. No Programa "Moacyr Franco Show", revelou vários artistas, como: Isabela Garcia, Guto Franco, Carla Daniel, Nizo Neto, Rosana Garcia, entre outros.

Em 2011, ganhou o Troféu Menina de Ouro de melhor ator coadjuvante no Festival de Cinema de Paulínia por conta do personagem Delegado Justo, no filme "O Palhaço", de Selton Mello. No cinema, atuou também nos filmes "O Menino Arco-Íris – A infância de Jesus Cristo" (1980), "A Grande Vitória" (2014) e "Como se Tornar o Pior Aluno da Escola" (2017).

 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »