17/09/2019 às 14h58min - Atualizada em 17/09/2019 às 14h58min

Sífilis: previna-se contra o avanço da doença

Doença silenciosa pode causar problemas graves como a cegueira e até levar à morte. Saiba mais!

Unimed
A sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST), causada pela bactéria Treponema pallidum. No final de 2017, o Governo Federal anunciou novos investimentos para tentar conter o avanço da doença, que já atinge mais de 87 mil adultos no Brasil. Apesar de ter cura, caso não seja diagnosticada e tratada, a sífilis pode acometer o cérebro ou a medula espinhal e até levar à morte.

Atenção gestante! Mulheres grávidas podem transmitir a doença para os bebês durante a gestação, parto ou amamentação. Solicite ao obstetra o exame que detecta a existência da doença no organismo a fim de evitar a transmissão da sífilis congênita para o bebê, assim como demais complicações para a mulher.




SINAIS E SINTOMAS
Os primeiros sinais e sintomas da sífilis aparecem entre 10 e 90 dias após o contágio. Dividida nos estágios primária, secundária, latente e terciária, a doença apresenta sinais e sintomas diferentes em cada uma das etapas. Os principais são:

• Dor de cabeça

• Náuseas e vômitos

• Confusão mental

• Rigidez na nuca

• Dificuldade de enxergar ou perda de visão


Fase primária



Fase secundária



Fase Latente
Não apresenta sintomas e tem duração variável, sendo interrompida pelo surgimento de sintomas da fase secundária ou terciária
 
Fase Terciária



PREVENÇÃO
O sexo seguro é a maneira de prevenir o contato com a bactéria que causa a sífilis. O uso do preservativo, seja o masculino ou feminino, protege contra essa e outras infecções. Já o diagnostico pode ser feito por meio de exames laboratoriais e o tratamento é realizado com antibióticos.

Resultado de imagem para Sífilis: previna-se contra o avanço da doença

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »