09/09/2019 às 09h35min - Atualizada em 09/09/2019 às 09h35min

Peão de Barretos morre após ser pisoteado por touro durante rodeio em MG

Acidente aconteceu quando Higor Vinícius Gregório Villar, de 26 anos, participava de rodeio durante a 34ª Festa do Peão

Yah
Foto: Divulgação
Natural de Barretos, capitão nacional do rodeio, no interior paulista, o peão Higor Vinícius Gregório Villar, 26, não resistiu ao ser pisoteado por um touro durante um rodeio em Pirajuba, no Triângulo Mineiro, na noite da última sexta (6). O jovem chegou a ser socorrido, mas morreu na arena.

Imagens gravadas por uma pessoa que acompanhava a competição  mostram Higor permanecer alguns segundos montado, até cair e, logo em seguida, ser atingido na altura do peito pelas patas do animal.

"É com pesar que informamos que o peão Higor Vinícius Gregório Villar, de 26 anos, natural de Barretos, morreu após tomar o pisão de um touro durante montaria da 34ª Festa do Peão de Pirajuba. Ele foi atendido no local por uma equipe médica especializada, mas devido à gravidade dos ferimentos, o caso evoluiu para óbito. Ficamos tristes e consternados com a situação. A Prefeitura, o Club dos 7, a MAR Rodeios, Produções e Eventos, a Two Eventos e todos os envolvidos estão prestando toda a assistência necessária para a família", informou a Prefeitura.
Ontem foi o último dia da Festa do Peão de Pirajuba.

Peão morto em RO

Há duas semanas, golpes no tórax desferidos por um touro causaram a morte de outro peão, de 33 anos, durante montaria no rodeio da 16ª Exposição Agropecuária de São Domingos do Guaporé, no município de Costa Marques (RO): Gelison Mendes. A Polícia Militar informou, n ocasião, que, logo após a porteira ser aberta, o peão foi arremessado de cima do touro, foi ao chão e teve o tórax atingido pelas patas traseiras do animal.

Também mês passado, dia 17, durante a 64ª Festa de Peão Boiadeiro de Barretos, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse estar “ao lado” dos apoiadores de rodeios e vaquejadas e voltou a se mostrar contra o “grupo do politicamente correto” que, segundo ele, quer impedir as festas desse tipo no Brasil.

Na ocasião, sob gritos de “mito”, ele assinou decreto que estabelece padrões de bem-estar para animais utilizados em festas de rodeio.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »