27/02/2018 às 11h05min - Atualizada em 27/02/2018 às 11h05min

Animais são covardemente agredidos e mortos em Siderópolis (SC)

Um gato teve o rosto queimado e outro foi morto por envenenamento.

Instituto Anda
Foto: Divulgação

Apenas no mês de fevereiro, quatro animais foram vítimas de maus-tratos no bairro Patrimônio, no município de Siderópolis, em Santa Catarina. Em um dos casos, o animal foi morto.

Maristela Martinelli, moradora do bairro, denunciou dois dos casos de maus-tratos em rede social. Dois gatos tutelados pela irmã dela, Delci Martinelli, foram as vítimas. Um deles foi encontrado morto após ser envenenado e o outro apareceu em casa com queimaduras no rosto.

“Era um gato que tinha mais de dez anos, extremamente manso, quase não saia de casa e de repente sumiu. Foi achado pela minha irmã no pátio de casa, já sem vida”, afirmou Maristela ao falar sobre o gato vítima de envenenamento. As informações são do portal Engeplus.

A moradora acionou o Instituto de Defesa dos Direitos dos Animais de Siderópolis (Iddasi) para relatar os casos. O Iddasi, por sua vez, afirmou que já se reuniu com a Prefeitura para discutir sobre a necessidade de fiscalização nas agropecuárias para que haja controle em relação ao comércio de venenos que são usados ilegalmente para matar animais.

Agredir, maltratar e envenenar animais é crime previsto na Lei de Crimes Ambientais, com penalidade de detenção de três meses a um ano, além de multa. Denúncias, que são importantes no combate à violência contra os animais, podem ser feitas através do 156 ou 190.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »