10/12/2018 às 14h20min - Atualizada em 10/12/2018 às 14h20min

Polícia Civil prende quadrilha de advogados que fraudava contratos de aposentados e pensionistas em Barretos

Polícia Civil do Estado de São Paulo
Foto: Polícia Civil
Policiais civis das Delegacias de Polícia de Barretos e Olímpia (Deinter 8) prenderam, nesta segunda-feira (10), um advogado e uma representante de determinada instituição de crédito. Eles são acusados de comandarem um esquema de fraudes de contratos de empréstimo consignado, em que as vítimas eram aposentados e pensionistas. 

A operação, batizada de "Margem Presa", é o resultado da investigação sobre o golpe. Ela resultou na descoberta do grupo e de seu modo de ação. Seus integrantes conseguiam os dados de aposentados e pensionistas de forma clandestina.
 
Então, informavam que eles “ teriam o direito” de ingressar com ações para reaver valores junto aos bancos. Os idosos eram levados a assinar documentos em branco, sem saber do que se tratava. Muitos contratos foram celebrados sem a presença das vítimas, através da falsificação de assinaturas e de documentos.

A Justiça determinou a suspensão do registro profissional de mais quatro advogados.

Os suspeitos foram presos e encaminhados à Delegacia Seccional de Polícia de Barretos ( Deinter 8), onde prestam esclarecimentos.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »