AtaNews Publicidade 728x90
21/05/2024 às 14h23min - Atualizada em 22/05/2024 às 04h10min

Saiba quais são os sinais de deficiência de vitaminas e minerais comuns no outono

Especialista orienta pontos de atenção e dicas para manter uma boa saúde durante a transição sazonal de estações

NM
Divulgação

Saiba quais são os sinais de deficiência de vitaminas e minerais comuns no outono 

Especialista orienta pontos de atenção e dicas para manter uma boa saúde durante a transição sazonal de estações 

Durante o outono, muitas pessoas podem estar sujeitas a sinais de deficiência de vitaminas e minerais comuns nesta estação. Hábitos alimentares e a mudança do clima pode afetar a absorção de nutrientes essenciais, resultando em sintomas que merecem atenção. 

De acordo com Alessandro Mascarenhas, docente do curso de Nutrição da Faculdade Anhanguera, as deficiências mais comuns enfrentadas pelas pessoas durante o outono são de vitamina D, vitamina C, zinco e ferro. “Essas lacunas podem surgir devido a menos horas de exposição solar, diminuição do consumo de alimentos frescos e sazonais, e alterações nos hábitos de sono e atividade física característicos desta época do ano. É crucial manter uma dieta balanceada e diversificada para assegurar a ingestão suficiente desses nutrientes vitais durante esse intervalo de tempo”, analisa.  

Outro aspecto a considerar no outono é a sazonalidade de algumas frutas e legumes. Isso pode acarretar, em possível deficiência de vitaminas. A tonalidade de cor dos frutos e legumes, representa o tipo de vitamina existente. Sendo assim é interessante substituir as frutas e legumes em falta por outros disponíveis de mesma coloração para prevenir possíveis deficiências. 

Mascarenhas alerta ainda que os sintomas típicos de deficiência de vitaminas e minerais neste período são fadiga, baixa imunidade, pele seca, unhas quebradiças, cabelos opacos, entre outros. 

O especialista explica que as pessoas mais suscetíveis a deficiências de vitaminas e minerais durante o outono são idosas, crianças em fase escolar, pessoas que trabalham em ambientes fechados e indivíduos com dietas restritivas. Para prevenir e corrigir deficiências nutricionais, principalmente neste período, é recomendado que as pessoas adotem uma dieta variada e equilibrada com alimentos ricos em vitaminas, além de considerar a suplementação quando necessário, manter-se hidratado e praticar atividades físicas regularmente. 

Por fim, o docente da Anhanguera sinaliza que os suplementos nutricionais podem ser usados de forma segura e eficaz para combater deficiências de vitaminas durante o outono sob a orientação de um profissional de saúde, que pode avaliar as necessidades individuais e recomendar a dosagem apropriada. “É crucial não ultrapassar a quantidade sugerida pelo médico e selecionar suplementos de alta qualidade. Assim é essencial que o indivíduo consulte regularmente um nutricionista e outros profissionais de saúde para avaliações de rotina, a fim de detectar eventuais deficiências e receber orientações adequadas”, finaliza.  

Sobre a Anhanguera          

Fundada em 1994, a Anhanguera faz parte da vida de milhares de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com as necessidades do mercado de trabalho, em seus cursos de graduação, pós-graduação e extensão, presenciais ou a distância. Em 2023, passou a ser a principal marca de ensino superior da Cogna Educação, com o processo de unificação das instituições, visando o conceito lifelong learning, no qual proporciona acesso à educação em todas as fases da jornada do aluno. A instituição ampliou seu portfólio, disponibilizando novas opções para cursos Livres; preparatórios, com destaque para o Intensivo OAB (Ordem dos Advogados do Brasil); profissionalizantes, nas mais diversas áreas de atuação; EJA (Educação de Jovens e Adultos) e técnicos.  Com grande penetração no Brasil, a Anhanguera está presente em todas as regiões com 112 unidades próprias e 1.398 polos em todo o país. A instituição presta inúmeros serviços à população por meio das Clínicas-Escola, na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Anhanguera tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais. Acesse o site e o blog para mais informações.


Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
NICHOLAS MONTINI PEREIRA
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »