25/05/2018 às 16h01min - Atualizada em 25/05/2018 às 16h01min

Filhote de gato é salvo depois de dois dias preso em topo de árvore

O gato, chamado Taz, tem quatro meses de idade e subiu em uma árvore de grande porte, no condomínio dos tutores

ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais
Foto: Reprodução
Um filhote de gato, de quatro meses de idade, foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros depois de ficar dois dias no topo de uma árvore de grande porte em um condomínio, em Curitiba (PR). Assustado, o animal, chamado Taz, recebeu ração e cuidados dos tutores.

A moradora responsável pelo filhote disse que ele fugiu do apartamento e quando foi visto, já estava na árvore. Outros moradores tentaram ajudar no resgate, sem sucesso.

“Me comovi pelo gatinho porque, nesse frio, dois dias, é complicado, né?!”, disse o vizinho Ricardo Pisque.

Os bombeiros usaram escadas, levaram ração e um brinquedo para atrair a atenção do filhote. Um dos soldados se aproximou lentamente, até conseguir pegar o gato. O resgate terminou sob aplausos dos vizinhos.

“Eu gosto bastante de animais, então para mim é muito gratificante. É um serviço que a gente gosta de fazer”, afirmou o bombeiro Arthur Duquesne.

Após o resgate, com o gato nos braços, o garoto Vicente Alves Ferreira, de 10 anos, comemorou e disse que ficou preocupado.

“De madrugada estava três graus, pensei que ele ia morrer de frio”, disse.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »