08/05/2022 às 10h50min - Atualizada em 08/05/2022 às 10h50min

Ácido salicílico para pele oleosa e acneica: dermatologista explica os benefícios

Beleza Extraordinária
Foto: Divulgação
O ácido salicílico é um ativo dermatológico que traz diversos benefícios para a rotina de cuidados com a pele. Com ele é possível proporcionar hidratação e ação anti-inflamatória para a pele, o que faz com que o rosto fique macio, uniforme e iluminado. Esse ativo é um aliado para as pessoas que apresentam pele oleosa, isso porque com ele é possível controlar a oleosidade da pele.

Além disso, os benefícios também podem ser estendidos para as peles acneicas por conseguir ajudar no tratamento dessa condição na pele. Para contar mais detalhes sobre os benefícios do ácido salicílico para as peles oleosas e com acne, a dermatologista Dra. Fabiana Wanick, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Cirurgia Dermatológica, separou algumas informações sobre esse ativo.

O que é ácido salicílico?
A dermatologista Fabiana Wanick explica com mais detalhes sobre o que é o ácido salicílico. “O ácido salicílico é um beta-hidroxiácidos (BHAs), ele tem ação queratolítica. Isso quer dizer que a gente faz com que os queratinócitos se soltem, proporcionando uma ação esfoliante, antimicrobiana e anti-inflamatória”.

Com isso, o ácido salicílico pode ser classificado como um BHAs o que garante que esse ativo tenha função de esfoliar a pele, ajudando na uniformização da textura do rosto e garantindo que a pele fique com um aspecto liso e macio. Além disso, a função queratolítica ajuda a dissolver e retirar impurezas da pele que podem ser prejudiciais. O que garante uma pele mais saudável.

Ácido salicílico e pele acneica
A pele com acne é um tipo de pele que exige tratamentos direcionados para proporcionar os melhores cuidados e a redução dessa condição. Além do uso dos melhores produtos é necessário escolher os melhores ativos para esse tipo de pele que vão proporcionar a redução da oleosidade e o tratamento da acne. O recomendado sempre é consultar um dermatologista para garantir que o melhor tratamento será prescrito para o seu tipo de pele.

Dentre os ativos indicados para a pele com acne, o ácido salicílico é um deles por gerar bons resultados.

O ácido salicílico diminui a produção de sebo pela pele, o que consequentemente diminui a oleosidade do rosto e torna o ambiente menos propício para o surgimento das acnes. Além disso, graças à sua função anti-inflamatória, o ácido salicílico é um aliado no combate das inflamações das espinhas. Essa ação é feita através da ação de descamação da pele pela esfoliação promovida por esse ativo.

Quais os benefícios do ácido salicílico para o tratamento da acne?
A dermatologista Fabiana Wanick destrincha e detalha os benefícios que o ácido salicílico pode trazer para o tratamento da acne. “Como o ácido salicílico faz uma leve esfoliação ele é interessante para diminuir a formação dos comedões, que são os cravinhos que podem resultar em acnes. Então aqueles comedões muito pequenos ou que estão começando a formar, a gente consegue eliminar com ácido salicílico.”

“Além disso, como ele tem uma célula anti-inflamatória, ajuda a diminuir a inflamação das espinhas que estão começando. Ele também auxilia na diminuição da atividade da glândula sebácea, ou seja, ajuda a diminuir a produção do sebo”, detalha.

“Como o ácido salicílico faz um leve efeito esfoliante, a gente consegue também deixar a pele com uma textura melhor, menos irregular, mais lisa. Isso porque ele ajuda a desobstruir os poros e melhora a maciez e textura da pele”, ressalta a Dra. Fabiana Wanick sobre os benefícios do ácido salicílico no tratamento da acne.

Como usar o ácido salicílico?
Agora que você já sabe todos os benefícios que o ácido salicílico proporciona para pele oleosa e para a pele acneica, chegou o momento de entender como adicionar esse ativo na sua rotina de skincare. Para isso, a dermatologista indicou em quais momentos ele pode ser inserido.

“O ácido salicílico pode ser usado tanto em forma de limpeza, posso usar ele em um sabonete em barra, no sabonete líquido ou é um gel de limpeza. Ele pode ser adicionado o passo de hidratação através do sérum facial ou até em cremes com esse ativo. Dependendo da concentração destes produtos, você pode usar ele até duas ou três vezes ao dia, sem problema”, comenta a dermatologista Fabiana Wanick.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »