18/09/2020 às 12h43min - Atualizada em 18/09/2020 às 12h43min

Homem mutila baleia cachalote encalhada com uma serra elétrica

Orca

Anda
Uma baleia cachalote foi mutilada após encalhar em uma praia de Nova Gales do Sul, na Austrália. O animal de 16,9 metros de comprimento ficou preso na parte rasa de Patchs Beach e morreu antes que o resgate chegasse. Voluntários da Organização para o Resgate e Pesquisa de Cetáceos na Austrália (ORRCA) ficaram surpresos quando chegaram ao local para tentar salvar a baleia e encontraram o animal com a mandíbula removida e o rosto desfigurado.

Eles afirmam que a baleia ainda estava respirando, mas acabou tombando e se afogou. Além de sofrer uma morte terrível e dolorosa, teve o seu corpo mutilado e desrespeito. Os voluntários acreditam que a mandíbula do mamífero foi arrancada com uma serra elétrica por um caçador ou colecionador de troféus. Na Austrália, baleias são protegidas pela Lei de Conservação da Biodiversidade de 2016 e é ilegal possuir qualquer parte do animal.

Jools Farrell, o vice-presidente da ORRCA, acredita que a parte removida do animal será comercializada ilegalmente, pois os dentes de baleia são de marfim. Ele aponta também que é incomum encontrar baleias da espécie próximas à costa, pois elas costumam viver em águas profundas e podem ficar submersas por até 50 minutos. A ORRCA está cuidando para o cadáver da baleia seja completamente removido da praia.

Ainda não há pista pelo responsável pela mutilação da cachalote.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »