02/04/2020 às 14h53min - Atualizada em 02/04/2020 às 14h53min

Os unicórnios brasileiros que mais se destacaram ao longo dos últimos anos

Empresas com avaliação superior a US$ crescem no país

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Estamos vivendo uma era em que se fala mais abertamente sobre negócios. Entre esse estímulo, fomenta-se, também, o espírito empreendedor dos investidores com relação às empresas que necessitam de investimento.
 
É em meio a essa atmosfera que o Brasil assumiu o terceiro lugar no ranking mundial de unicórnios, em 2019, empatado com os alemães. Em primeiro lugar vem o inalcançável Estados Unidos, com 78 e em seguida a China, com 22. Foram cinco os unicórnios que surgiram no país ano passado. Confira quais e outros que também chamam a atenção do mercado.
 

Loggi

A startup foi fundada em 2014 e, hoje, está avaliada em, aproximadamente, quatro bilhões de reais. De início, era dedicada à entrega de documentos em São Paulo. Atualmente, é possível solicitar a retirada e entrega de objetos em qualquer ponto do Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre, Manaus, Recife, Campinas, Brasília, Santos, Salvador e São José dos Campos.
 
O valor é cobrado direto no cartão registrado no app e é calculado de acordo com a distância percorrida pelo motoboy. É uma ferramenta muito útil para quem precisa de algo de maneira urgente e, ainda, permite ao usuário ver a localização do entregador e monitorar o pedido.
 

Gympass

A empresa permite acesso à 23.500 academias e 820 modalidades de esporte em 1647 cidades. Os planos mensais variam de R$ 119,90, que é o plano mais básico, até R$ 599,90, o mais luxuoso e completo. O aplicativo facilita muito a vida dos donos de academia, já que é grátis, gerando mais faturamento e maior divulgação do local. Agora, é impossível inventar desculpas para fugir dos exercícios e abandonar a vida sedentária.
 

QuintoAndar

Fundada em 201, é a empresa preferida dos que buscam novas opções de imóvel. Recebeu investimentos do Softbank, multinacional japonesa. Chama a atenção de seus usuários pela facilidade do contato entre quem vende e o corte da parte burocrática do contrato. Hoje, se encontra entre o seleto grupo de unicórnios brasileiros.
 

Ebanx

Parceira de grandes nomes do mercado mundial, tais como AliExpress, Wish, PlayStation, Airbnb, Pipedrive, Uber e Spotify. Atualmente, a marca processa os pagamentos dessas e outros 500 sites do mundo. Um fato curioso é que se tornou o primeiro unicórnio da região Sul do Brasil, já que sua sede fica em Curitiba, PR.
 

Wildlife

É a representante do mundo dos games da lista. Com a produção de jogos para smartphone, a Wildlife é avaliada em US$ 1,3 bilhão. Começou em 2011, com o investimento surpreendente de US$ 100. Os irmãos Arthur e Victor Lazarte, fundadores, chegaram a voltar a morar com os pais por não ter dinheiro para o pagamento de aluguel. Outro dado que comprova o sucesso da empresa é que mais de 1 bilhão de pessoas já baixaram pelo menos um jogo da Wildlife, sendo ao menos 60 títulos lançados.
 

Outros unicórnios brasileiros

  • 99: a grande concorrente do Uber soube se desenvolver sem ficar para trás. Possui algumas características que lhe são únicas, um exemplo é a possibilidade de pagar com seu cartão físico. Outro bom fator é a grande parte dos motoristas de aplicativo terem contas no Uber e na 99;
  • Nubank: aplicativo que acabou com o estereótipo dos “bancos frios e insensíveis”. O usuário pode resolver todos os seus problemas através de seu sistema, sem passar por filas ou grandes transtornos pelo telefone;
  • iFood: a empresa foi a primeira a popularizar o delivery via aplicativo. Uma das maiores vantagens, aos seus usuários, é seu sistema único de descontos, que são dados várias vezes ao dia, garantindo benefícios em restaurantes selecionados. Hoje, não é a única grande do setor, contando com a concorrência da Rappi, empresa colombiana, e do Uber Eats, da gigante americana de mesmo nome,
  • Stone: a empresa de pagamentos surgiu tirando grandes margens das enormes empresas do meio. Iniciou sua trajetória com as maquininhas de cartão, rivalizando com as de sua concorrente, a Rede, do Itaú Unibanco. Hoje, a Stone já possui até seu próprio cartão. Chama a atenção de seus clientes a rapidez, eficácia e cuidado com que suas queixas são tratadas, além das campanhas impecáveis nas redes sociais.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »