20/03/2020 às 14h38min - Atualizada em 20/03/2020 às 14h38min

Como se planejar?

Como ter um planejamento pessoal estratégico para alcançar qualquer meta? Leia aqui como fazer essa jornada de organização e baixe o planner exclusivo da Unimed

Unimed
Todos gostam de alcançar suas metas e chegar aos seus objetivos. Para isso acontecer, é necessário ter um planejamento pessoal de como atingir tudo aquilo que se deseja. Leia e saiba como traçar um plano ideal para realizar seus sonhos

Planejamento pessoal: um plano de vida
Um plano é um direcionamento. É como um mapa que guia nossas ações para alcançar algo, seja um grande sonho ou mesmo coisas mais simples, como tarefas do dia a dia sendo realizadas com mais agilidade

Dica: aproveite o domingo para planejar a semana.
Todos fazemos planejamentos, de forma consciente ou não. Conseguir orientar nossas escolhas com lógica é a essência de um plano de vida bem-sucedido. Quando queremos mudar hábitos, por exemplo, é essencial sabermos o que queremos, como vamos fazê-lo e estabelecer prazos para que nossos desejos sejam colocados em prática. Todo esse pensamento por trás de uma ação é o processo de planejamento.

O que é um planejamento pessoal estratégico?

Você não precisa ter todas as respostas antes de começar um planejamento estratégico. Saber o que você quer ser daqui a dez anos ou qual seu objetivo de vida não é necessário. Desenvolver um planejamento pessoal estratégico pode ser um processo mais simples. Para começar, basta pensar a curto prazo.
 
Começar um planejamento pessoal estratégico traz algumas vantagens para sua rotina: conseguir antecipar um obstáculo no caminho, uma ameaça aos seus objetivos ou o rumo certo para as suas ações. Pensar de forma organizada na sua rotina é uma forma de investir no seu bem-estar! Mas como começar? Faça uma análise sincera das coisas que você gosta e do que deseja realizar e tente responder primeiro às seguintes questões: 
 
Você quer planejar algo muito futuro ou mais momentâneo?
O que te motiva a buscar algo novo?
Onde você está hoje? Aonde quer chegar?


Lembre-se, o primeiro passo para conseguir se organizar é estar disposto a mudar hábitos que hoje podem não ser positivos na sua vida. Além disso, ter 100% de honestidade com seus desejos é essencial para que tudo flua naturalmente, sem aquela sensação de ter que realizar uma tarefa obrigatória. 

Afinal, como se planejar?

Criar um planejamento é abrir as portas para o gerenciamento correto do seu tempo. Existem diversos sistemas de planejamento, contudo, o mais adequado para quem está começando a descobrir esse novo jeito de olhar para a vida ainda é aquele feito manualmente.
 
Com um planner manual, você pode escrever suas principais necessidades e entender como funciona a lógica do planejamento pessoal. Foi pensando nisso que a Unimed desenvolveu um planner ideal para você que quer mudar de hábitos. Nele, é possível estabelecer tanto planos a longo prazo quanto metas semanais para ir cumprindo. 

Com o planner da Unimed em mãos, está na hora de começar a visualizar as fases de como se planejar estrategicamente. Você irá passar por todas elas até conseguir desenvolver uma lógica de organização mental mais dinâmica. 

Passo 1: preparação

rapaz sentado à mesa e escrevendo

rapaz sentado à mesa e escrevendo



Aqui é a fase em que se pensa muito nos motivos que o levaram a querer desenvolver um planejamento pessoal. Elenque todos os fatores que façam você acreditar nos benefícios de um planejamento. Nesse exercício, vale escrever respostas em uma folha avulsa para deixar os pensamentos fluírem.

Passo 2: organização de ideias

Alguém organiza suas ideias em um caderno com post-its

Alguém organiza suas ideias em um caderno com post-its



Entendendo o que está levando você a mudar um hábito, comece a organizar as suas ideias em setores. Ou seja, desejos pessoais, desejos profissionais, coisas para fazer urgentemente, coisas para fazer em um futuro próximo, desejos para a vida e assim por diante. Isso ajuda muito a determinar a urgência de cada ação desenvolvida. 

Passo 3: criando metas 

criança com um foguete de brinquedo na costa acena com a mão para o alto

criança com um foguete de brinquedo na costa acena com a mão para o alto



Criar metas para cada desejo é o próximo passo. Desenvolver metas é como subir uma escada. O ponto de chegada, lá no alto, é o objetivo a ser alcançado, e cada degrau é uma ação a ser desenvolvida – pequenas metas diárias. Comece com coisas fáceis, como um horário específico para acordar, comer, se exercitar. Com o tempo, avance para coisas mais complexas como ler dois livros em um mês.

Planner semanal, mensal ou anual? Qual é o melhor?

Conforme você for adaptando os exercícios mentais de pensar na sua rotina, vai descobrir a sua preferência por um modelo específico de planner. Existem diversos tipos no mercado, desde os mais rígidos, com espaços delimitados para cada observação, até os mais criativos, com folhas em branco para deixar a imaginação agir por conta própria.
 
De acordo com seu ritmo de planejamento, o tipo de planner será escolhido. Com um planner semanal, você terá maior controle das ações de curto prazo, podendo desenhar de forma mais detalhada a sua rotina, o que irá fazer no dia e as principais metas a ser alcançadas dia a dia.
 
Um planner mensal não mostra tantos detalhes diários, mas mostra uma visão mais ampla de tudo o que você quer alcançar em um prazo maior. É ideal, por exemplo, para quem está na faculdade e deseja planejar seus semestres, estudos, livros a ser lidos e provas que deveram ser realizadas. 
 
No planner da Unimed disponível para download, você pode testar as três modalidades e decidir quais páginas voltar a imprimir. Vale colar na parede, anexar à agenda, prender na geladeira, o que funcionar melhor para você. Clique aqui e tenha acesso à versão em pdf do material.
 
E lembre-se: planejamento é algo para ajudar você a cumprir suas metas, mas não pode ser uma prisão. Não esqueça que você precisa de tempo para relaxar e ter um espaço para o inesperado.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »