15/03/2018 às 09h13min - Atualizada em 15/03/2018 às 09h13min

Empoderamento feminino é ponto de partida de oficina de criação têxtil no Sesc Birigui

Atividade acontece dias 17 e 18 e propõe reflexões sobre o feminino por meio de experimentações manuais

Assessoria de Imprensa
Convergir mulheres para reflexões sobre a vivência do feminino e pautas feministas interseccionais por meio da criação têxtil. Na oficina Identidade e feminino: experimentações em tessitura, que será realizada no Sesc Birigui nos dias 17 e 18 de março, as participantes partilham aprendizados e vivências a partir de experimentações manuais em costura, bordado e customização.

A atividade será ministrada pela artista visual e costureira freestyle Carolina Ricca Lee no ETA – Espaço de Tecnologia e Arte do Sesc Birigui, das 10h às 16h, e é voltada a moças e mulheres com a partir de 16 anos. Carolina é sino-japonesa e vive em São Paulo; é fundadora da Plataforma Lótus, uma plataforma de vocalização e militância em prol do feminismo asiático.

A atividade ministrada por ela no Sesc Birigui será uma roda de conversa, seguida de produção artística, visando o empoderamento feminino e a elaboração de um material visual têxtil que ficará exposto no ETA. Para participar, a participante precisa levar uma peça de roupa que faça referência a sua história e ter o conhecimento básico e a vontade de experimentação em diferentes técnicas têxteis manuais na elaboração de um projeto artístico e feminista.

ETA – O Espaço de Tecnologias e Artes do Sesc é um laboratório para práticas que utilizam diversos suportes tecnológicos, onde ocorrem oficinas, cursos, instalações e palestras visando o desenvolvimento artístico e a criação com diferentes materiais.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »