12/02/2020 às 07h57min - Atualizada em 12/02/2020 às 07h57min

Polícia Civil detém oito durante a Operação Punt Gun II

A ação cumpriu ordens judiciais relacionadas a um crime de roubo ocorrido em medos de janeiro em Teodoro Sampaio

SSP
As diligências foram deflagradas pela Delegacia de Teodoro Sampaio com apoio do 4º Batalhão PM de Maringá (PR) (Crédito: Polícia Civil)
A Polícia Civil deteve, na manhã desta terça-feira (11), oito pessoas, durante a Operação Punt Gun II deflagrada para cumprimento de mandados de prisão relacionados à investigação de um crime de roubo ocorrido em medos de janeiro, na cidade de Teodoro Sampaio.

Na ocasião, um casal deixava a residência de amigos e, quando embarcava no veículo Toyota/Corolla, foi surpreendido por criminosos que, armados, roubaram o automóvel e objetos pessoais das vítimas, fugindo em seguida em direção ao estado do Paraná.

A primeira fase da ação, realizada no dia 28 de janeiro, indicou o envolvimento de, ao menos, seis pessoas no crime, sendo três adolescentes. Os adultos tiveram as prisões temporárias decretadas pela Justiça, que também expediu mandados de busca para todos os envolvidos.

Em continuidade aos trabalhos, incluindo a análise do material apreendido na primeira fase da operação, novos elementos foram revelados como o envolvimento de outras duas pessoas, que seriam as responsáveis pela receptação que envolveu a troca do veículo por drogas.

Nesta terça, as diligências foram deflagradas por agentes da Delegacia de Teodoro Sampaio na cidade teodorense e nos municípios de Marilena (PR) e Nova Londrina (PR), onde as atividades contaram com apoio do canil do 4º Batalhão PM de Maringá (PR) para localização de drogas.

O automóvel foi localizado, no dia 04 de fevereiro de 2020, na cidade de Caarapó (MS) e tinha como destino o Paraguai. Ao término das apurações, foi constatado o envolvimento de oito pessoas no esquema, resultando na decretação de quatro prisões preventivas e quatro internações provisórias dos adolescentes.

Todos os envolvidos foram detidos. “O exitoso trabalho conseguiu alcançar a todos os envolvidos, mesmo os que residem em outros Estados da Federação. Além disso, possibilitou a restituição do automóvel ao seu legitimo proprietário”, afirmou o delegado Edmar Caparroz.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »