22/02/2019 às 11h30min - Atualizada em 22/02/2019 às 11h30min

Mais de 90% das refeições à base de plantas servidas no Reino Unido são consumidas por não-vegetarianos

ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais
Foto: Pixabay
A organização diz que o consume de refeições à base de plantas cresceu 37% nos últimos quatro anos e agora são consumidas por 10% da população da “capital mundial do veganismo”.

“Eles estão optando por comer refeições à base de plantas três vezes por semana, em média. À medida que esse grupo de consumidores cresce, é importante considerar que a maioria dos consumidores destes tipos de alimentos não são veganos, mas sim aqueles que escolhem reduzir um pouco sua ingestão de carne e laticínios”, relata a Kantar Insights.

Demanda flexitariana                                                  

Os varejistas estão recorrendo ao crescente número de flexitarianos – que a gigante de supermercados britânica Sainsbury’s afirma ser um impressionante número de 91% dos adultos do Reino Unido.

“Estamos vendo uma demanda crescente por produtos à base de vegetais e, com o aumento incontrolável do ‘flexitarianismo’ no Reino Unido, estamos explorando novas formas de tornar as opções populares livres de carne mais acessíveis”, disse Rosie Bambaji, comprador da Sainsbury, disse em um comunicado. As informações são do Plant Based News.

“Esperamos que este teste torne a experiência de compra de nossos clientes ainda mais perfeita, e estamos ansiosos para ouvir o feedback deles”. As informações são do Plant Based News.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »