13/02/2019 às 11h30min - Atualizada em 13/02/2019 às 11h30min

População de Brumadinho terá acesso a benefícios sociais antecipados

BPC será paga a partir da próxima sexta-feira (22). Mineradora foi multada por falhas no resgate dos animais

PMESP
Tragédia deixou centenas de mortos e desaparecidos, além do impacto ambiental e material causado pela liberação dos rejeitos de mineração - Foto: Arquivo/Agência Brasil
Em atuação contínua, o governo federal antecipou o pagamento de benefícios e endureceu sanções para minimizar os danos às vítimas atingidas pelo desastre em Brumadinho (MG). O rompimento da barragem liberou rejeitos de mineração, que provocou a morte de centenas pessoas e desaparecidos, além da destruição ambiental e material. 

Social
Portaria publicada nesta terça regulamentou a antecipação do pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) após o governo federal reconhecer a situação de calamidade do município. Deste modo, 774 idosos e pessoas com deficiência na região estão aptos a sacar a parcela de fevereiro sem precisar esperar a data do calendário escalonado de liberações.

Sanção
Após o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) constatar falhas no salvamento de animais atingidos pela lama, a mineradora Vale, responsável pela barragem, foi multada pela sexta vez . O órgão havia determinado que a empresa instalasse um hospital de campanha para tratar os animais. A multa sobre a mineradora é de R$ 100 mil.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »