08/02/2019 às 09h40min - Atualizada em 08/02/2019 às 09h40min

Em rápida ação, Polícia Militar prende quatro homens em Dracena/SP, por furto em loja e recuperam mais de 50 aparelhos celulares

Foram apreendidos 54 celulares de marcas diversas e 01 veículo Hyndai I30.

25º BPM/I
Foto: Polícia Militar
Data: 08Fev19 ás 02h40min. 
Local: Rua Marechal Rondon - Centro.
Vítima: J.R.P. (gerente do estabelecimento).
Autor 01: A.F.S. (20 anos)
Autor 02: W.F.C. (26 anos)
Autor 03: Y.F.A. (21 anos)
Autor 04: R.S.S.J. (19 anos)

Na madrugada desta sexta-feira 08/02, por volta das 02h40min, os policiais militares de Dracena, foram acionados via COPOM para averiguar uma informação de uma empresa de monitoramento, dizendo que no interior de uma loja, estaria ocorrendo um furto. Com apoio de outras viaturas, os policiais chegaram ao local e constataram o arrombamento da porta do estabelecimento. Com a presença do gerente da loja no local, foi confirmado o furto de mais de 50 aparelhos celulares. Diante dessa confirmação do furto, os policiais militares iniciaram patrulhamento no intuito de localizar os autores e esclarecer o fato.

Durante as diligências, foram localizados em um hotel da cidade, quatro suspeitos (A.F.S. de 20 anos, W.F.C. de 26 anos, Y.F.A. de 21 anos e o R.S.S.J. de 19 anos), todos oriundos de São Paulo que foram abordados e ao realizar as buscas nos quartos, logrou êxito em encontrar 54 celulares. Foi apreendido também, um veículo Hyundai i30 de cor preta que teria sido usado na ação criminosa.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão em flagrante delito aos quatro autores que juntamente com o veículo e os celulares foram apresentados na delegacia onde após a autoridade policial tomar ciência dos fatos ratificou o flagrante, permanecendo todos à disposição da justiça. 

Apesar dos autores terem negado, serão investigados pelos furtos ocorridos em Presidente Prudente e Marília, pois as características deles e o “modus operandi”, são muito parecidos com os ocorridos em datas anteriores.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »