02/07/2018 às 14h08min - Atualizada em 02/07/2018 às 14h08min

Prática de queimadas em Salmourão gera reclamações de moradores e produtores rurais

"Além de prejudicar o meio ambiente, as queimadas produzem foligem e também muita fumaça, o que prejudica a qualidade de vida de pessoas idosas, crianças e portadores de doenças respiratórias"

Lucas Reis, especial para o AtaNews
Com a falta de chuvas e o tempo seco, o fogo se alastra rapidamente, consumindo pastagens e produzindo grande quantidade de fumaça. ( Foto: Leitor via WhatsApp)
Com a falta de chuvas e o tempo seco em toda a região, alguns moradores da zona urbana e também de áreas rurais tem reclamado da incidência de incêndios em terrenos baldios e também em propriedades rurais próximas ao perímetro urbano do município de Salmourão.

Pelo fato da vegetação estar seca, alguns proprietários de terrenos utilizam-se da prática de queimadas para efetuar a limpeza de suas propriedades. Essa prática é proibida e a pessoa que for flagrada pode ser autuada, além de responder pela prática de crime ambiental.

Além de prejudicar o meio ambiente, as queimadas produzem foligem e também muita fumaça, o que prejudica a qualidade de vida de pessoas idosas, crianças e portadores de doenças respiratórias. Durante a noite de ontem (01), uma moradora registrou um incêndio próximo à propriedade onde sua família desenvolve atividades  rurais, que fica bem perto de uma área escolar.

Na semana passada, moradores do Bairro Remanso da Águas, registraram também um foco de incêndio em um terreno dentro da área urbana no período noturno. No entanto, em nenhum dos dois casos, o responsável por incendiar a vegetação foi identificado. Além dos prejuízos à saúde e ao meio ambiente, a prática de queimadas coloca em risco a vida de animais silvestres e domésticos.

Em casos de maiores proporção, o fogo pode prejudicar também imóveis e destruir lavouras como a de milho, vassoura e cana de açúcar. Em caso de focos de incêndio, o corpo de bombeiros deve ser acionado através do telefone 193 e, no caso de Salmourão, a pessoa deve procurar também pela prefeitura, para que o caminhão pipa possa comparecer no local e tentar controlar a situação, até mesmo antes da chegada dos bombeiros.


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »