10/12/2020 às 15h24min - Atualizada em 11/12/2020 às 11h32min

Instituição Social de Betim recebe Prêmio Melhores ONGs do Brasil pela quarta vez

Instituto Ramacrisna, localizado na grande BH, está entre as 100 melhores ONGs do país em 2020.

SALA DA NOTÍCIA D.A Soares
Projeto Antenados
O Prêmio  é uma parceria do Instituto Doar, da agência de projetos socioambientais O Mundo Que Queremos e da Ambev, com apoio técnico da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Este ano, 670 organizações se inscreveram no Prêmio, que é o maior do Terceiro Setor no Brasil.

O Instituto Ramacrisna integra a lista de 100 Melhores ONGs desde a primeira edição da premiação em 2017, dessa forma, em 2020 recebe a quarta premiação consecutiva, sendo reconhecida por suas boas práticas de gestão em quesitos como governança, transparência, comunicação e financeiro.

Estar pela quarta vez consecutiva entre as 100 melhores ONGs do país, num universo de cerca de 300.000 organizações, é motivo de orgulho e reconhecimento por um trabalho de 6 décadas, realizado por uma equipe competente e comprometida e que tem obtido resultados de grande impacto social.  Nesses 61 anos o Instituto Ramacrisna beneficiou 1.866.760 pessoas que enfrentavam insegurança e incerteza pessoal e social, transformando suas vidas, tornando-as cidadãos protagonistas de sua própria história diz Solange Bottaro, vice-presidente do Instituto Ramacrisna.


Em Minas Gerais foram 10 Organizações Sociais contempladas, sendo 6 da região metropolitana e 4 do interior.  O Ramacrisna é a única premiada na cidade de Betim.

Todos são convidados a participar d cerimônia de premiação será no dia 10 de dezembro, às 20h, com transmissão ao vivo pelo canal Futura no YouTube e pelo site melhores.org.br.  Além das 100 melhores, o público conhecerá também os destaques nas categorias especiais, além da melhor ONG entre todas. Pela primeira vez, as organizações de menor porte também terão, oficialmente, um destaque especial.

O Prêmio

Em sua 4ª edição, a premiação reconhece as 100 melhores organizações do
Terceiro Setor brasileiro. Desde seu lançamento, a premiação alcançou grande
visibilidade e continua crescendo, na medida em que se consolida como a principal referência em organizações filantrópicas no país. A equipe julgadora é formada por professores, doutorandos, mestrandos da FGV, jornalistas e lideranças sociais.

Sobre o Instituto Ramacrisna
Criado pelo jornalista Arlindo Corrêa da Silva, o Instituto Ramacrisna desenvolve a 61 anos projetos culturais, educacionais, aprendizagem, profissionalizantes, entre outros. O nome da instituição é em homenagem ao filósofo indiano Sri Ramakrishna, ecumenista que viveu no século 19 e pregava o trabalho social como forma de transformação do ser humano.
O Ramacrisna coleciona, desde sua fundação, diversas premiações renomadas, entre elas o mais recente: o selo DOAR Certificado A+, padrão de Gestão e Transparência do Terceiro Setor pelo Instituto Doar. Foi selecionada a melhor ONG em Assistência Social no Brasil pelo Instituto Doar e Rede Filantropia em 2018 e tem se mantido entre as 100 Melhores ONGs para se doar pelos últimos 4 anos consecutivos. Ficou em 1º lugar na regional Minas Gerais e finalista Nacional em 2017 e 2018 pelo Prêmio Itaú-Unicef, um prêmio que é considerado o maior do Brasil no campo da educação com a chancela da UNICEF - Fundo das Nações Unidas Para a Infância.
Atualmente, a instituição atende, além da comunidade em situação de vulnerabilidade social de Betim, outras treze cidades da região metropolitana de Belo Horizonte. Em 2019, o Instituto atendeu mais de 11.550 pessoas na sede do Ramacrisna, 39.064 atendimentos realizados pelo Ramacrisna em parceria com o Poder Público. Somando 50.614 o total de atendimentos.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »